POESIA

Néia Gesualdi

Varal*

 

Blusa, camisa, blusa, calça, vestido, echarpe,
Blusa. Vestido, meia, meia, lençol, saia, cachecol.

 

O vento campista
Sacode a nudez
Dentro das roupas –
Vazias, disformes e frias.

 

Esses corpos invertebrados,
Moles, gesticulam livres
As pernas e os braços...

 

As donas esperam na sombra,
Enquanto, penduradas,
Suas almas secam...

 

*Poema reproduzido do livro "Metamorfose dos mesmos"

 

Néia Gesualdi, poeta brasileira


Voltar  

Confira também nesta seção:

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet