CHAPADA SUSTENTÁVEL

Uma Feira "do bem"



dentro

 

Chega neste sábado (13) a 30ª da Feira Chapada Sustentável. Com aquela coisa toda que quem conhece já experimentou e quem não experimentou não sabe o que está perdendo: música ao vivo, danças, literatura, exposição de fotos, delícias saudáveis, troca de sementes, arte e sustentabilidade, produtos orgânicos e por aí vai...

O tema desta Feira começa com uma saudação: “Alô terráqueos”. E segue, frisando que nosso planeta é nosso lar, que precisa ser cuidado com carinho. E relembra que a relação do homem com a natureza nem sempre teve como fundamento a predação.

A mitologia grega presente nas obras de Homero revela-nos uma concepção de respeito do Homem a Natureza.

Assim também outras civilizações antigas e as tribos ancestrais da América e África também reconheciam que a fundamentação da vida reside na natureza, na Mãe Terra.

dentro

"Olhares ocultos, paisagens perceptíveis", as imagens de Henrique Santian

Distante dessas concepções, o homem moderno se coloca como dominador da natureza. Nós últimos séculos a humanidade aprofundou seus conhecimentos científicos, mas agravou os problemas sociais e ambientais.

E como o dia 13 é o segundo sábado deste mês, data sempre reservada à Feira, dá-lhe sustentabilidade, uma palavra que também combina com manifestações culturais.

Programação

Nesta edição, além das saudáveis opções de alimentos saborosos, a pegada cultural da Feira Chapada Sustentável vai brindar seu público com a abertura da exposição ”Olhares ocultos, paisagens perceptíveis”, que reúne fotografias de Henrique Santian. A mostra está percorrendo algumas regiões de Mato Grosso e vai aportar nesta data em Chapada. São 20 imagens destacando as diferentes características dos biomas do Estado, em especial o Cerrado, Amazônia, Araguaia e Pantanal.

dentro

Camerata tem músicos tarimbados e vai mostrar seu repertório com liberdade jazzística

A partir das 20 horas, apresenta-se o Camerata Jazz, com um repertorio dos clássicos americanos do jazz e uma seleção brasileira de bossa nova e samba jazz.

Também está programado o Rincão Literário, iniciativa que é uma extensão da Festa Literária de Chapada dos Guimarães – FLIC. A curadoria é de Amélia Alves que convidou, para a Feira, a Editora e Livraria Umanos; além da poeta e professora doutora em literatura, Marli Walker.

A Feira acontece na rua Quinco Caldas, que fica bem na entrada de Chapada dos Guimarães. A partir das 17h, até as 22h. (*com assessoria)  

dentro

 

 


Voltar  

Confira também nesta seção:

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet