FLIP/2019

Euclides foi escritor, jornalista e engenheiro



eucl

Euclides Rodrigues Pimenta da Cunha (1866-1909) nasceu e morreu no Rio de Janeiro

A Flip 2019, marcada para acontecer de 10 a 14 de julho, já escolheu o seu autor homenageado: Euclides da Cunha. Escritor, jornalista e engenheiro, Euclides é autor de uma das obras fundamentais sobre o Brasil, Os Sertões. 

Publicada em 1902, a obra tem origem no trabalho de cobertura jornalística da revolta de Canudos (1896-97), ocorrida no interior da Bahia, que opôs o exército e o governo brasileiro ao movimento de cunho social, político e religioso liderado por Antônio Conselheiro. 

Correspondente do Estadão na época, Euclides da Cunha iniciou a tarefa de reportagem com convicções morais e políticas que foram desafiadas ao longo da experiência e que se refletiram em sua obra. 

“A obra do Euclides da Cunha é pioneira na criação a partir da leitura e da interpretação do território, questão que nortearia os modernistas ao longo do século 20 e está presente na Flip desde sua concepção”, afirma Mauro Munhoz, responsável pela direção geral e artística do evento. 

“A sua ligação com o jornalismo compõe também um elo importante com a Festa Literária, que sempre teve uma conexão forte com o jornalismo e a literatura de não ficção, gênero que tem trazido obras de grande valor cultural e intelectual. É essa conexão entre o território e a literatura que nos permite inovar todos os anos, mantendo-nos conectados às novas demandas culturais, artísticas e intelectuais do país, como o próprio autor ao seu tempo”, completou Munhoz. 

A curadoria do programa principal da edição de 2019 fica por conta da jornalista Fernanda Diamant. (*texto reproduzido de https://www.publishnews.com.br)

 

 


Voltar  

Confira também nesta seção:

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet