EVENTO/UFMT

“Pedagogia do Oprimido”



brasil de fato

freire

Freire foi o brasileiro mais homenageado da história, com pelo menos 35 títulos de Doutor Honoris Causa de universidades da Europa e América

Na próxima quarta-feira (21) a UFMT vai sediar evento comemorativo aos 50 anos de "Pedagogia do Oprimido", obra máxima do filósofo brasileiro Paulo Freire.

oprimi

A emblemática obra que completa 50 anos

Realizado pela Jornada Universitária em Defesa da Reforma Agrária (Jura UFMT), acontece às 18h30, no auditório da Faculdade de Arquitetura, Engenharia e Tecnologia (Faet/Mofão).

O objetivo é discutir as ideias de Freire, que se notabilizou como pedagogo e educador, considerado um dos pensadores mais notáveis na história da pedagogia mundial, tendo influenciado o movimento chamado pedagogia crítica.

Mais informações sobre o evento podem ser obtidas pelo telefone 65-98117-7071.

Paulo Freire

Paulo Reglus Neves Freire (1921-1997) nasceu em Pernambuco e faleceu em São Paulo. Sua prática didática fundamentava-se na crença de que o educando assimilaria o objeto de estudo fazendo uso de uma prática dialética com a realidade, em contraposição à por ele denominada educação bancária, tecnicista e alienante.

Dessa forma, segundo Freire, o educando criaria sua própria educação, fazendo ele próprio o caminho, e não seguindo um já previamente construído; libertando-se de chavões alienantes.

Sua trajetória destacou-o pelo trabalho na área da educação popular, voltada tanto para a escolarização como para a formação da consciência política.

A obra cinquentenária, "Pedagogia do Oprimido", que propõe um método de alfabetização dialético, se diferenciou do "vanguardismo" dos intelectuais de esquerda tradicionais e sempre defendeu o diálogo com as pessoas simples, não só como método, mas como um modo de ser realmente democrático.

Foi o brasileiro mais homenageado da história, com pelo menos 35 títulos de Doutor Honoris Causa de universidades da Europa e América; e recebeu diversos galardões como o prêmio da UNESCO de Educação para a Paz em 1986.

Em 2012 foi sancionada a Lei nº 12.612, que declara o educador Paulo Freire Patrono da Educação Brasileira. Segundo uma pesquisa envolvendo três estados brasileiros, Paulo Freire é o nome de escola mais comum. (*com assessoria e wikipedia)

 

 


Voltar  

Confira também nesta seção:

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet