LANÇAMENTO

T.S. Eliot traduzido por Caetano Galindo



eliot

Eliot, que era apelidado de "Velho Gambá", venceu o Nobel de Literatura em 1948 e é apontado por muitos como o poeta mais influente do século XX

Outro presente editorial para fazer a festa por estes dias: "T.S. Eliot - Poemas" (Cia. das Letras). Não achei informações sobre o número de páginas da obra, mas dá toda a pinta de ser um desses livros/tijolo, já que contém praticamente toda a obra do poeta estadunidense. E o preço, quase na faixa dos 90, também sugere um livro volumoso.

eliot

 

Informação pertinente diz respeito á tradução do livro, assinada pela autoridade no assunto, Caetano Galindo, que já traduziu nomes como James Joyce, David Foster Wallace e Thomas Pynchon.

O volume traz os versos de uma das vozes fundamentais do cânone ocidental, em nova tradução.O conjunto de poemas reunidos nesta obra corresponde à poesia completa publicada em livro e em edições independentes lançadas em vida de Eliot, considerado um dos nomes centrais do modernismo. 

T.S. Eliot (1888-1965), também conhecido como Velho Gambá, produziu uma obra densa e profunda que, centrada na musicalidade, no ritmo e na sonoridade, revolucionou definitivamente a paisagem literária do século XX. 

Em 1948, o autor de "A terra devastada", um dos mais célebres poemas da língua inglesa, recebeu o prêmio Nobel em reconhecimento à sua “contribuição excepcional e pioneira para a poesia contemporânea”.

A organizaçõ e o posfácio também são de Galindo. O livro traz um Eliot ao mesmo tempo cerebral e erudito, marca de sua primeira produção, e um Eliot divertido e travesso, que já na maturidade dedicou aos seus afilhados a famosa série de poemas sobre gatos.

Para o blog da Cia. das Letras, sobre o trabalho de traduzir esta obra de poesia, que é metrificada e rimada, escreveu Galindo: "É tipo um jogo de palavras-cruzadas com regras determinadas por Satã. Ou Deus. Depende do gosto do freguês."

O autor

Thomas Stearns Eliot nasceu nos EUA e morreu na Inglaterra. Foi poeta modernista, dramaturgo e crítico literário. É considerado por muitos o poeta mais influente do século XX. 

Depois de nascer em St. Louis (Missouri), Eliot mudou-se para Londres com 25 anos e treze anos depois tornou-se cidadão britânico. Sobre essa mistura de pátrias na sua vida, escreveu o poeta: "Minha poesia não seria o que é se eu tivesse nascido na Inglaterra, e não seria o que é se eu tivesse permanecido nos Estados Unidos. É uma combinação de coisas. Mas, nas suas fontes, na sua força emocional, ela vem dos Estados Unidos." (*com informações de vários sites)

 

 


Voltar  

Confira também nesta seção:

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet