ACESSADÍSSIMO

"Nenhum caminho para o paraíso"



buk

Se você não reconhece o escritor "de vista", ou pelo estilo, e está curioso, acaba de ser penalizado a clicar no link

"George tremeu de dentro do lenço sobre a borda. Marty ja tirara a calcinha de Ruthie. Puxei Dawn para perto de mim. Era bonita e jovem e boa por dentro. Eu podia estar apaixonado novamente. Era possível, nos beijamos. Megulhei fundo em seus olhos. Então emergi e comecei a correr. Eu sabia onde estava. Uma barata e uma águia faziam amor. O tempo era um idiota com um banjo na mão. Continuei correndo. Seu cabelo longo caía sobre meu rosto." (trecho)

Como todos os anos, na virada do tempo, registramos os textos mais lidos  que foram publicados no decorrer do ano que finda. É justo, no entanto, lembrar que os textos publicados há mais tempo, têm mais chances de leitura.

Na editoria Crônica, que engloba textos em prosa (que também podem ser trechos de romances e/ou contos, o mais visitado foi um conto de autor dos Estados Unidos, que nasceu na Alemanha, falecido em 1994, que pode ser conferido no link abaixo.

http://www.tyrannusmelancholicus.com.br/cronicas/10549/nenhum-caminho-para-o-paraiso


Voltar  

Confira também nesta seção:

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet