EDUCAÇÃO/LITERATURA

"Bichos para ver e para ler"



assessoria-seduc

livro

Livro surgiu  da criação de alunos da pré-escola II do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI), no bairro Pedra 90

Já mencionamos aqui a efervescência literária que aconteceu em 2018. Cuiabá sediou inúmeros lançamentos de livros, além de eventos literários, que também aconteceram em outras regiões de Mato Grosso. 

O tyrannus divulga com prazer essas pautas, mas nem tudo vem parar aqui no site. E de vez em quando cabe resgatar esses acontecimentos que brindam a cultura mato-grossense. No final de dezembro, ainda merece o registro, chegou o livro  ‘Bichos para ver e para ler’. 

Uma obra gerada a partir da criação de alunos da pré-escola II do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Jaíra Cuiabano Corrêa da Costa, unidade escolar localizada no bairro Pedra 90.

BICHOS

 

O livro é resultado do projeto pedagógico realizado pela professora Ana Maria Teixeira de Souza, cuja essência é o protagonismo da criança e a escuta sensível da infância. E essa ação resultou no livro, através de trabalho premiado na 1ª Feira Cientifica e Cultural da Secretaria Municipal de Educação, realizada em outubro deste ano, na EMEB Madre Marta Cerutti.

A coordenadora pedagógica da unidade escolar, Ana Maria Gualberto falou que o projeto tinha como objetivo a produção de poemas, a partir das narrativas das crianças. “Com o trabalho desenvolvido pela professora, que foi a escritora da obra e acompanha as crianças há dois anos, foi possível dar um novo significado à prática pedagógica e ao cotidiano escolar”, avaliou ela.

O fato desencadeador do trabalho foram os animais que apareciam na unidade escolar. Em determinados períodos do ano, povoam o CMEI, uma grande quantidade de bichinhos como grilos, besouros e borboletas, o que deixa as crianças entusiasmadas e curiosas. Além disso, os cachorros das famílias frequentemente acompanham os alunos até a unidade, ou outros animais como um filhote perdido de gato que apareceu no pátio.

Com a percepção do interesse das crianças pelos animais e a importância que os bichos de estimação têm em suas vidas, foram trabalhados os gêneros literários, a leitura, a escrita e a oralidade valorizando sempre as experiências delas, como protagonistas de suas aprendizagens e da produção cultural.

As crianças tiveram as suas vivências, imaginações e curiosidades valorizadas, pela atenção da professora que ouviu e escreveu suas narrativas, coletivas e individuais. “Algumas pessoas menos atentas podem considerar simples relatos mas os textos são verdadeiras obras-primas aos que conseguem ver além do que está escrito, pois eles reconhecem o valor das crianças terem sua história, direitos e verdades reconhecidas”, completou a professora Ana Maria Teixeira.

Os textos do livro são poemas, sensíveis e emocionantes, principalmente para aqueles leitores que lerão não apenas com os olhos, mas também com o coração. “As crianças autoras, por meio da linguagem oral, se expressaram e algumas de suas vivências ficarão eternizadas não apenas para elas, mas também para aqueles que aprenderam, no tempo que tiveram a oportunidade de conviver com elas, o mais puro afeto”, disse a coordenadora Ana Maria Gualberto. (*com assessoria da Prefeitura de Cuiabá)

 

 


Voltar  

Confira também nesta seção:

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet