POESIA

Edson Falcão

Instável*

Como a vista ao virar a página
o caráter ao virar o dia
instáveis as palavras de minha boca
ecos em dia de chuva

são ferro as imagens de ferro
o tecido da boa veste é mais simples que o do mito

é vã a partilha do sol

a veste pode ser trapo
no entanto permite o equilíbrio branco
simples   manso   tudo

pente de papel em cabelos de papel

passos menores carregam um tempo de elefantes
tatuados na perna
e nos prometem o caráter fixo e intacto
de poemas que nascem sem efeitos
como as caspas brancas sobre o papel branco

 

*Reproduzido do livro "A fachada e os fundos", da editora 18ZERO1

Edson Falcão, poeta brasileiro


Voltar  

Confira também nesta seção:

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet