PRÊMIO INTERNACIONAL

Revista de João Pinheiro e Sirlene Barbosa



carol

Premiação vai acontecer no próximo dia 24

Carolina de Jesus (1914-1977) é uma autora mítica na literatura brasileira. Seu livro principal, "Quarto de despejo", publicado em 1960, autobiográfico, narra a sua dura trajetória, em torno da qual, já discorremos aqui no tyrannus. 

Carolina já foi e continua sendo tema de inúmeras matérias e outros tipos de textos. Mas, há novidades em torno dessa autora. A HQ "Carolina", que traz biografia dela,lançada pela Editora Veneta, em 2017, conquistou prêmio especial do Festival de Quadrinhos Angoulême, na França.

A ideia de formatar a biografia da escritora negra favelada surgiu em 2013, através de uma parceria do roteirista e ilustrador João Pinheiro, com a professora e pesquisadora Sirlene Barbosa. 

Ao jornal El País, Sirlene disse que a intenção inicial era produzir a HQ em três meses, aproveitando a efeméride da comemoração do centenário de nascimento de Carolina, porém, o tempo não foi suficiente.

Já João Pinheiro, também ao periódico espanhol, disse que ficou sabendo da existência de Carolina através de um programa de TV - "Manos e Minas", onde um rapper falava das incríveis mulheres negras do Brasil. Pinheiro, então, achou e leu uma edição de "Quarto de Despejo". 

Sua união com Sirlene nesse projeto é aquilo que podemos resumir como a junção da fome com a vontade de comer. A obra de Carolina Maria de Jesus já foi traduzida para 14 idiomas e permanece objeto de diversos estudos, tanto no Brasil quanto no exterior.

carol

 

Cabe o registro de que João e Sirlene apresentaram o projeto de publicação da HQ para algumas editoras e a resposta foi sempre a mesma: "não interessa". O projeto somente foi materializado graças ao ProAc - São Paulo (programa de incentivo do governo paulista), que o aprovou.

Sirlene destaca que a opção de biografar Carolina se baseou muito no fato de que, apesar da importância da escritora, ela quase nunca aparece nos currículos escolares da educação básica. “Em uma breve pesquisa com uma média de 40 professores de sala de leitura, apenas cinco conheciam a escritora, mas nenhum havia usado sua literatura em sala de aula”, disse Sirlene ao site Socialista Morena. 

No ano em que a HQ "Carolina" foi lançada (2017), chegou a ser indicada ao prêmio Jabuti, mas não levou. Dois anos depois, ganha o mundo com o Angoulême.

Festival Angoulême

O Festival Internacional de Quadrinhos de Angoulême é considerado o terceiro evento mundial mais importante do gênero. Foi criado em 1974 e, desde então, vem acontecendo todos os anos.

Superam o evento francês da chamada graphic novel apenas dois eventos mundiais: o Lucca Comics & Games, na Itália; e a Comiket, do Japão. (*com informações dos sites El País, Socialista Morena e Wikipédia)

carol

 

 

 


Voltar  

Confira também nesta seção:

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet