SOLTAR A VOZ

Inscrições abertas à comunidade



tchélo figueiredo

canto

O número de vagas vai depender das demandas apresentadas pelo Coral, que atualmente conta com cerca de 40 vozes

Cantar faz bem. É científica essa informação. É uma atividade produtiva e que estimula nossa capacidade cerebral. Quando se trata do canto coral, então, passa a ser algo a mais, por se tratar de uma experiência coletiva. 

Há que se registrar também aqui a opinião particular do redator deste site que, desde 2005, quando experimentou pela primeira vez a participação num coral, nunca mais abandonou o canto. 

A Prefeitura de Cuiabá está com inscrições abertas para novos cantores do Coral Municipal. O curso, ministrado pelo maestro Carlos Taubaté e pela professora de canto Iasmim Medeiros, foi retomado em 2018 e tem como público alvo servidores da gestão, aposentados e comunidade externa em geral. Os interessados podem se inscrever até o dia 28 próximo.

De acordo com Taubaté, a idade mínima para participar do grupo é de 18 anos. “Não exigimos nenhum conhecimento, mas como a turma já se reúne desde o último ano, qualquer experiência nessa área seria interessante”, diz. O maestro é formado em Composição e Regência pela FAAM-SP e regeu o Coral Luther King. Ele tem uma longa folha de serviços prestados à cultura mato-grossense, especialmente, no canto coral.

Durante o curso, serão repassadas orientações teóricas e práticas voltadas para os princípios de técnica vocal, técnica de respiração, dinâmica musical, palestras e desenvolvimento de repertório que inclui música clássica, MPB, étnica e mato-grossense.

Segundo Taubaté, o número de vagas vai depender das demandas apresentadas pelo Coral, que atualmente conta com cerca de 40 vozes. “Nós vamos encaixando as pessoas de acordo com as habilidades de cada um e com as necessidades que o coral apresentar”, diz.

angelo varela

tauba

"Não exigimos nenhum conhecimento, mas como a turma já se reúne desde o último ano, qualquer experiência nessa área seria interessante" (Carlos Taubaté)

Ele lembra que o Coral ficou inativo por mais de uma década e que tem a prerrogativa de ser um difusor da cultura local. “Esse resgate pra nós é de grande importância. Um ano pode parecer muito, mas para canto é pouco e já avançamos com vozes bastante maduras em função desse esforço”, afirmou.

No final de 2018 os integrantes do coral se uniram às vozes do grupo da Igreja Adventista do Sétimo Dia para o número final da Cantata de Natal. Além disso, eles também participam da Camerata de cordas do Instituto Boca de Arte, com duas canções populares brasileiras e outras três mato-grossenses.

As matrículas são gratuitas e podem ser feitas na Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo até o dia 28 de janeiro, quando serão realizadas as audições. As aulas tem início no dia 30 e acontecerão duas vezes por semana, de 19h30 às 21h, no auditório da Prefeitura de Cuiabá.

A secretaria está localizada na Rua Barão de Melgaço, esquina com a Rua Campo Grande, nº 3677. O horário de inscrições é de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 17h. (*com assessoria da Prefeitura de Cuiabá)

junior silgueiro

ias

Iasmim Medeiros, cantora e professora de canto, será a preparadora vocal


Voltar  

Confira também nesta seção:

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet