LANÇAMENTO

Autor já traduzido para vários idiomas



roza

Luiz Alfredo Garcia-Roza nasceu em 1936, no Rio de Janeiro. Estreou de forma retumbante na ficção policial quando já tinha 60 anos

roza

 

Hospitalizado há mais de quatro meses, Luiz Alfredo Garcia-Roza, o escritor brasileiro expert em ficção policial, está com livro novo já lançado pela Cia das Letras, "A última mulher". O autor iniciou sua carreira como ficcionista em meados dos anos 1990 e, desde então, conquistou muitos leitores.

Antes de iniciar-se na ficção, Garcia-Roza, formado em filosofia e psicologia, escreveu oito livros sobre psicanálise. "O silêncio da chuva", sua estreia com plena liberdade criativa, aconteceu quando ele já era sessentão. A obra inaugural recebeu os prêmios Nestlé de Literatura (1996) e Jabuti (1997), além de ter sido traduzida para vários idiomas.

Entre as características do carioca Garcia-Roza estão a constante presença do delegado incorruptível Espinosa, que atua em Copacabana, e as tramas que se baseiam em conflitos pessoais mal resolvidos. 

Em "A última mulher", o delegado Espinosa vê-se às voltas com Ratto, um cafetão da Lapa, que tem se dado bem nos negócios, mas se depara com um violento policial que resolve chantageá-lo, querendo abocanhar parte do quinhão.

Espinosa, que conhece Ratto de outros tempos, entra no caso quando começam a surgir mulheres mortas com requintes de crueldade. (*com assessoria)

 


Voltar  

Confira também nesta seção:

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet