CONTO

Acidente*



deita-se. estava em quase ponto morto. alguém o sacudiu, mas lentamente sentia que precisava desistir de respirar ou senão os pulmões arderiam ainda mais. um forte susto o fez cerrar os olhos, restando-o apenas um cenário opaco, sem qualquer ponto de vista minimamente valorativo, vendo como quem olha por trás da fresta de uma porta.

era primavera ali. mas nenhuma árvore constatava a estação em suas cores. não tinha nada muito colorido perto. um grupo de homens estava aflito num círculo fechado e olhavam a posição do homem que morria aos poucos. alguns deles, os que mais têm medo da morte, foram compassivos. olhavam para as etapas lentamente acontecendo. pensavam em feriados longos, como aqueles em que se paira a mesma atmosfera - ameaça iminente do silêncio. desfazer o sentido.

alguns carros passam ao lado. os passageiros erguem os pescoços, esticam-se de onde estão, tentam alcançar o alvo desconhecido. o homem que devagar morre sem se queixar. determinado e determinante.

outros homens que também estavam no círculo eram mais rudimentares. os que quase nunca têm medo da morte.

ficavam assim meio desesperados.

gritavam.

culparam todos, mesmo sabendo que cenas como essa são uma das únicas em que se pode realmente pensar em impotência.

os paramédicos chegaram e decidiram o recolher como corpo morto.

a fratura exposta no joelho era quase como um desperdício da morte.

o coração parando os nervos num descanso feliz, os pés desajustados, a posição confortável do corpo.

deu uma preguiça em todo mundo. uma preguiça de continuar assim em modo hábil, como estavam desde de manhã.

todos os homens do círculo foram para a suas casas depois que os paramédicos recolheram o corpo.

choraram de tanta preguiça.

hoje o dia foi um batidão, ninguém precisou sair só porque era sexta feira à noite.

 

*Conto enviado pela autora

marcella

Marcella Gaioto é de Rondonópolis e tem 21 anos. Cursa faculdade de Letras e Literatura desde 2016. Admira a Língua Portuguesa e tem prazer em escrever e pensar sob seus códigos

 


Voltar  

Confira também nesta seção:

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet