CONTO

Orfeu*



Com o coração dilacerado, Orfeu viu Eurídice desaparecer no abismo. Entretanto (conta Virgílio), ele percebeu a terrível importância desse momento e quis dizer muitas coisas: "multa volentem dicere". Outroa autores recordam as palavras que teria pronunciado o herói; seriam estas: "Desde o instante em que deixamos de ver uma pessoa, ela entra no passado. Todo passado está igualmente longe. Se eu espiasse seus profundos corredores, antes de encontrar Eurídice, contemplaria talvez o rapsodo Anfião, que conseguiu verdadeiros prodígios com a lira, ou surpreenderia Mercúrio no processo de inventar a música, ou me deslumbraria com o sol da primeira manhã". Porque seu amor era muito grande, Orfeu não esmoreceu, e os deuses, que premiam a perseverança, deixaram-no chegar até as portas do passado. Para cruzá-la devia-se adivinhar uma fórmula. O herói exclamou: "Todo passadoe stá igualmente perto". (Varões antigos lhe disseram que as coisas, como o deus Jano, têm duas faces e que o último termo é, em certo sentido, o primeiro). Empurrou a pesada porta. Abriu. Esperando-o estava Eurídice. 


*Reproduzido de "Obra Completa de Adolfo Bioy Casarres" (Biblioteca Azul, da Globo), tradução de Sérgio Molina

bioy

Adolfo Bioy Casares (1914-1999), escritor argentino, parceiro de Jorge Luis Borges


Voltar  

Confira também nesta seção:
24.09.18 16h00 » O Baile do Judeu*
21.09.18 18h00 » A sapituca
19.09.18 18h00 » O importado vermelho de Noé
17.09.18 17h00 » Catatau (trecho)
14.09.18 18h00 » Língua
12.09.18 17h00 » Prece sem nome nem título
10.09.18 17h00 » Bom senso
07.09.18 18h00 » A flor do meu bairro
05.09.18 18h00 » América (trecho)
03.09.18 17h23 » Vale Transporte
31.08.18 18h00 » Dias de Faulkner (trecho)
29.08.18 17h27 » A senhora Nora está indisposta
27.08.18 17h00 » A inifinita fiadeira
24.08.18 17h48 » A Peste (trecho)
22.08.18 18h00 » A Maldição de Ondina (trecho)
20.08.18 18h00 » Confissões de uma máscara (trecho)
17.08.18 18h00 » Lolita (trecho)
15.08.18 18h00 » Noturno do Chile (trecho)
13.08.18 18h00 » Meus livros
10.08.18 18h00 » Apologia de Sócrates (trecho)

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet