Kyvaverá

Quando a bandeira éo gesto da poesia
Achamos que o Ivens Cuiabano Scaff é louco. Só pra completar a santíssima trindade do ditado popular: médico, poeta... e louco. Nós também somos loucos, por poesia. E como não ir ao lançamento de Kyvaverá, livro de poesias do Ivens, editado pela Entrelinhas e lançado no sexagésimo aniversário do poeta?


Claro que fomos! E eita poeta querido. A fila para os autógrafos tava de fazer inveja pra aquelas de antigamente do inps. A poesia de Ivens é universal, mas em sua maior parte canta as coisas desta terra que tanto amamos.
"O luar tece mantilhas/debaixo dos mangueirais" 








Separamos aqui um punhado de fotos que registramos na “farra” do lançamento e também dois poemas que estão no livro. Um que levanta mundaréu de dúvidas sobre coisaradas que passam pela cabeça do poeta, e outro onde ele revela seu respeito e seu carinho pela ancestralidade cuiabana. A menção aos primeiros habitantes deste pedaço, aliás, é entranhada no próprio título da obra. Que beleza a edição da Entrelinhas, reforçada pela plástica forte de Jonas Barros. Bem vindo Kyvaverá!

"Disque/num tempo tão antigo"
 Perguntaiada

Quem despertará os cajueiros se atrasar a chuva do caju?
Quem curará o soluço crônico das borboletas?
Serão primos pelo azedume
o tamarino e o cajá?
Que mágoa semeou de espinhos
o coração do pequi?
Ficou com rabo vermelho a piraputanga
de tanto comer pitanga?
Qual engraxate lustrou o casco da bocaiúva?
Qual mago saberá da cor da goiaba
somente de olhar a casca?
Queixam-se de dor nas costas as nuvens
quando rola por cima o trovão?
Se as estrelas são eternas
como é que elas parecem tão meninas?
Perguntam-se inquietas as espumas:
renasceremos em outra cachoeira?
Foi a beleza do pôr de Sol
que escancarou a boca da noite?
É pela indiferença de um velho tronco
que derrama lágrimas a jacaroa?
Quem consolará a solidão das piúvas?
Escandaliza alguém
o sensual abraço da figueira e do acuri?
É para ninar os peixes
que tamborila a chuva sobre o rio?
Dizem-se as gotas d'água umas às outras: coragem
antes de se lançarem do Véu de Noiva?
Como se lembrarão os peixes
das baías da sua infância?
Quem criticará a boemia da estrela da manã?
Qual o mínimo de poesias para um livro de poemas?
Morrem de inveja as abelhas da doçura da rapadura?
Serão várzea-grandenses ou cuiabanas
as ilhas do Cuiabá?
Por quem chora o olho d'água?
Abelhas e beija-flores
se reconhecem rivais?
Que mão foi essa que pegou pela mão
me susteve o coração através da multidão das ruas?


Índio
Vestido de baía
até o pescoço de manto matizado
de retalhos de tepidez diversa
encaro o Sol
Narciso que chega poente
a sua própria imagem rubra
Inexoravelmente vou virando índio


Voltar  
7 Comentrio(s).
Parabéns e sucessos para vcs, sabemos como é por paixão que fazemos as postagem de um blog!!
enviada por: Fuzuê das Artes    Data: 22/10/2012 10:10:11
Adorei, adoro! Estava ainda agorinha a zanzar pelo blog já que não pude presenciar o lançamento do livro. Queria ver as fotos os comentários, quando o que me chamou a atenção foi exatamente a data do nascimento do blog. Interessante, ele tem nome de passarinho, meio Manoel de Barros, e nasceu no dia da árvore, soprado pelo ares da vindoura Primavera. Achei o máximo!
Parabéns Lorenzo, parabéns Fátima, pelo livro, pelos filhos e por mostrarem que aquela história de comer a carne e roer o osso pode dar caldos interessantes.
Grande abraço!
Aline Romio
enviada por: Anonymous    Data: 22/10/2012 10:10:11
Parabéns Fátima e Lorenzo,
seguimos acompanhando o blog que sempre nos faz parar e relaxar um pouquinho com a rápida e boa leitura!!
beijos continuem com ele e se cuidem muito por aí!!!
alexandre (sasss)
enviada por: Anonymous    Data: 22/10/2012 10:10:11
Que maravilha de encontros, no lançamento do "Mundo Cerrado"... desde o título...Bjo
enviada por: Anonymous    Data: 22/10/2012 10:10:11
Salve Lorenzo e Fátima. Parabéns pelo 1 ano de um dos blogs mais criativos da internê. Ah, e parabéns pelo livro também. Não pude ir ao lançamento mas quero comprar. Como faço? Faz um merchan aí...
enviada por: Andre Alves    Data: 22/10/2012 10:10:11
Parabéns pelo aniversário do blog pelo livro e obrigada pelos momentos felizes que vivemos juntos por aí e pelo pantanal entre os selvagens jacarés tuiuús capivaras e os domesticos tropo nikita e o mais recente tiu.
abracos e beijos e até breve. abraços para a lila.
enviada por: monica    Data: 22/10/2012 10:10:11
Mesmo com todos os entraves no dia do lançamento,fiquei mto feliz em poder estar junto e partilhar do momento especial.Parabens por 1 ano de vida do Tyrannus!
Beijus
Julio Japonês!!!!
enviada por: Woodstock    Data: 22/10/2012 10:10:11

Confira também nesta seção:
22.07.19 12h00 » Para sempre em cima*
20.07.19 00h30 » Ulisses*
17.07.19 19h00 » Urubus*
15.07.19 09h00 » Liberdade: uma condenação*
12.07.19 21h00 » Abra cada cabra*
10.07.19 18h00 » Achados e Perdidos
08.07.19 12h00 » Toada do Esquecido (trechinho)*
05.07.19 21h00 » O Barril de Amontillado*
03.07.19 18h15 » Medida contra a violência*
01.07.19 12h00 » As Moscas
28.06.19 21h00 » Emoção*
26.06.19 20h30 » Rose Eagle*
24.06.19 12h00 » Sou um crápula*
21.06.19 18h20 » Amor de acidentado*
19.06.19 17h30 » Meu nome é Caio F...
17.06.19 12h00 » Dramaturgia*
14.06.19 21h30 » Mosaico Cuiabano*
12.06.19 20h00 » Um enforcamento*
10.06.19 12h00 » Máquinas como eu*
07.06.19 22h00 » Vamos acabar com esta folga*

Agenda Cultural

  • Em Cartaz:
  • Bate-papos com artistas
  • Dia: 23 de julho
  • Local: Museu de Arte e de Cultura Popular - UFMT
  • Informações: no link
Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet