CAPÍTULO I

A Tintinjoss de Irlanda



Grandón do pidgin joss Berkeley, arquidruida da tintinjoss de Irlanda*, em seu heptacromático seticolóreo vermelhanjarelivérdigo manto explicou pois a Patrício, o alebdo, o silente, as illusiones do colorosomundo de joss, sua mobília, mineral à vegetal à animal, surgindo ante os quedos homens com apenas um reflexo das diversas irídicas gradationes da luz solar, aquela cuja parte de si se tinha mostrado incapoaz de absrorbere; enquanto que para o vidente de interioriter contemplasse a vera dentridade do real, a coisa como em si a coisa é, todos objetos se mostravam em suas reais coloribus, resplendentes como a sêxtupla glória da luz que deveras se neles retém.

Em outras palavras, à visão assim desselada os chamejantes cachos do rei Leary surgiram da cor do verde da azedinha enquanto que, por passar a seus trajes de seistons, o kilt açafrão de Sua Majestade parecia ser do matiz de férvido espinafre, o régio doirado torque em seu peito, o tom de enroscado repolho, a verdejante capa do monarca como a verdura dos lauréis  em folha, o senhoril cerúleo de seus olhos tinha a aparência de tomilhos sobre a salsa, a esmaltada gema indiana do anel maledictório do monarca era tal que ovilácea lentilha, os violáceos bélicos demas dos traços do prínceps se viam tintos uniformemente como em caldo quente de sennacássia.


*Em pidgin english chinês, Joss é Deus (A palavra portuguesa é de fato a origem do termo), pidgin (de business) são negócios, tintin é saudação ou louvor, de modo que Grandón do pidgin joss significa  bispo, e tintinjoss significa religião. Não haverpa mais notas ao texto. (N.T.)

Texto reproduzido do livro "Finn's Hotel" (Companhia das Letras), tradução de Caetano W. Galindo

JJ

James Joyce (1882-1941)


Voltar  

Confira também nesta seção:
24.09.18 16h00 » O Baile do Judeu*
21.09.18 18h00 » A sapituca
19.09.18 18h00 » O importado vermelho de Noé
17.09.18 17h00 » Catatau (trecho)
14.09.18 18h00 » Língua
12.09.18 17h00 » Prece sem nome nem título
10.09.18 17h00 » Bom senso
07.09.18 18h00 » A flor do meu bairro
05.09.18 18h00 » América (trecho)
03.09.18 17h23 » Vale Transporte
31.08.18 18h00 » Dias de Faulkner (trecho)
29.08.18 17h27 » A senhora Nora está indisposta
27.08.18 17h00 » A inifinita fiadeira
24.08.18 17h48 » A Peste (trecho)
22.08.18 18h00 » A Maldição de Ondina (trecho)
20.08.18 18h00 » Confissões de uma máscara (trecho)
17.08.18 18h00 » Lolita (trecho)
15.08.18 18h00 » Noturno do Chile (trecho)
13.08.18 18h00 » Meus livros
10.08.18 18h00 » Apologia de Sócrates (trecho)

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet