POESIA
Giorgio Caproni


Para alguns*

 

Podem dizer de nós
-se isso lhes dá prazer-
que somos renunciatários.
Que não conseguimos manter
o passo com a História.

As frases feitas -sabemos-
são a sua glória.

Nós, nós não a contestamos.

Estar em desarmonia
com a época (rumar
contra os tempos em favor
do tempo) é nossa mania.

Cremos no anacronismo.
No raio. Não no culto ao futuro.

 

*Reproduzido de http://revistamododeusar.blogspot.com.br , tradução de Maurício Santana Dias

 

Giorgio Caproni (1912-1990), poeta da Itália


Fonte: Tyrannus Melancholicus
Visite o website: http://www.tyrannusmelancholicus.com.br/