POESIA
Prisca Agustoni


 

Pesadelo*

Fique atento
você que ocupará
o passado:
evite de todo modo
as rasuras.
Porque há alguém
de malas vazias
pendurado no teto

e que, às vezes,
desce com a noite.


*Reproduzido de http://ruidomanifesto.org

 

Prisca Agustoni, poeta da Suíça, radicada no Brasil desde 2004


Fonte: Tyrannus Melancholicus
Visite o website: http://www.tyrannusmelancholicus.com.br/