Quarta, 13 de junho de 2018, 18h00
FLOR RIBEIRINHA
Mato Grosso Dançando o Brasil

Redação*

luiz h menezes

flor

 

Criado há 25 anos, o grupo Flor Ribeirinha de São Gonçalo Beira Rio é responsável pela manifestação cultural mato-grossense que, hoje, é a que tem mais visibilidade internacional. Tem levado, nos últimos anos, o folclore e a cultura popular mato-grossenses aos quatro cantos deste mundo redondo.

E o Flor Ribeirinha sobe ao palco do Teatro da UFMT de sexta (15) a domingo (17), sempre às 20h. O grupo leva à cena o espetáculo "Mato Grosso Dançando o Brasil", aquele mesmo com o qual sagrou-se vencedor de um dos eventos do gênero mais destacados do mundo, o Festival de Folclore da Turquia, em agosto do ano passado.

Vale frisar que na Turquia, o Flor Ribeirinha concorreu com grupos de dança de 26 países.

Para os cuiabanos radicados ou adotados, eis uma boa chance de ver o rever um espetáculo que homenageia as danças das regiões brasileiras Norte, Nordeste, Sudeste e Centro Oeste. No palco, dezenas de artistas, entre músicos, dançarinos e outros que fazem as suas performances no palco. Trata-se de uma grande produção, com figurinos coloridos e também adereços.

A fundadora e presidente do Flor Ribeirinha, Domingas Leonor, disse que o grupo rompeu fronteiras para mostrar a cultura regional em outros estados e países. A conquista do prêmio mundial, segundo ela, abriu novas portas e representou um marco na vida do Flor Ribeirinha e na história da cultura.

A trajetória

Com 25 anos de história, o grupo já participou de todos os festivais de siriri em Mato Grosso e levou para outros estados e países as suas manifestações culturais. O grupo foi convidado para se apresentar no Festival de Dança de Santa Catarina e também em Minas Gerais.

O Flor Ribeirinha continuou rompendo fronteiras e foi convidado para se apresentar na França, Itália e Coréia do Sul, onde conquistou o segundo lugar entre os demais países. No ano passado, sagrou-se campeão mundial na Turquia com o espetáculo “Mato Grosso Dançando o Brasil.

O grupo Flor Ribeirinha nasceu em julho de 1993, em São Gonçalo beira rio, comunidade que foi fundada no século XVIII, no território Coxiponés. O grupo trabalha a dança típica mato-grossense, realizada há mais de 200 anos, que reflete o multiculturalismo formado por índios, negros, portugueses e espanhóis. Em suas apresentações, manifesta, uma coreografia variada, melodias alegres e letras que têm como mote a vida ribeirinha e as tradições religiosas.

Os ingressos estão a 40 (inteira) e  20 (meia) reais. Ppodem ser adquiridos no próprio teatro ou em outros pontos de venda. Mais informações pelo telefone: (65) 99204-8404. (*com assessoria)

luiz h menezes

flor

 


Fonte: Tyrannus Melancholicus
Visite o website: http://www.tyrannusmelancholicus.com.br/