CINEMA ALTERNATIVO

Sessões às 18h e 19h30



cg

"Casa Grande": filme de Felippe Barbosa tem um roteiro redondo, apoiado em diálogos críveis

Um filme no dia seis. Dois no dia sete. Todos com entrada franca. Em Cuiabá, onde é que isso pode acontecer? Bom, rotineiramente, num só lugar: no Sesc Arsenal.

Através da mostra Melhores Filmes de 2017 são dois títulos: "Casa Grande", na quarta (6); e "Tatuagem", na quinta (7). Também na quinta, com apoio da Embaixada da Alemanha, tem "Phoenix".

Achei críticas distintas sobre cada um desses filmes e optei por basear o texto nas mais elogiosas, embora, seja sempre de bom tom lembrar que críticas nunca devem ser consideradas como fiel da balança para se assistir a um filme. Mesmo que este redator, normalmente, assim o faça. 

"Casa Grande" (Brasil-2015-Fellipe Barbosa) tem sessão às 19h30 na quarta. Para maiores de 14 anos. Traz a história de um casal da alta burguesia carioca que está falindo. Mas, ninguém sabe disso, nem mesmo o filho. Mas a realidade não tarda a chegar.

"A produção inova com um roteiro redondo, sobretudo apoiado em diálogos críveis, tão raros em produções nacionais, o que resulta em um apelo comercial igualmente inusitado para uma obra cinematográfica brasileira que não é filha da TV." Uma lasca do que escreveu Renato Hermsdorff, no site Adoro Cinema.

fe

"Phoenix", de Christian Petzold, conta com a forte interpretação de Nina Hoss, grande atriz alemã

Com sessão as 18h , na quinta, para maiores de 10 anos, "Phoenix" (Alemanha-2014-Christian Petzold).  Uma sobrevivente de um campo de concentração nazista, Nelly Lenz, é a personagem central. Ela ficou desfigurada enquanto esteve presa. Irreconhecível após uma cirurgia de reconstrução, vaga pela destruída Berlim à procura do seu marido Johnny.  Só que, aos poucos, ela descobre que o marido teve uma importante participação em sua prisão.

"Para além do trabalho bem-acabado de Christian Petzold (na direção e roteiro), que dialoga com o cinema do gigante Alfred Hitchcock (como em “Um corpo que cai”, 1958), Nina Hoss sustenta uma atuação vibrante, transcendendo a complexidade de sua personagem nos menores gestos." Assim escreveu, Rodrigo Zavala no Cineweb.

Nesse mesmo dia (7), às 19h30, para maiores de 16 anos, tem "Tatuagem" (Brasil-2013-Hilton Lacerda). O filme se passa em 1978, quando o golpe militar no Brasil já está bailando total. Traz o romance entre um soldado de dezoito anos e um agitador cultural, dono de um cabaré anarquista. Confrontos e reflexões de uma geração analisados a partir da periferia. A exceção pautando a visão da regra.

"Um filme explosivo e necessário, que ecoará por muitos anos", apostou Sérgio Alpendre, na Folha de São Paulo.


Voltar  

Agenda Cultural

  • Em Cartaz:
  • 'Natal Iluminado"
  • Dia: 09 de dezembro
  • Local: Praça Alencastro
  • Informações: no link
Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet