BERÇO CUIABANO

São Gonçalo Beira Rio emplaca 300



gonça

A atividade ceramista é secular na pacata comunidade ribeirinha, que estará bem agitada na próxima semana

Putz, mal terminamos as "boas festas" e já tem mais chegando. A comunidade de São Gonçalo Beira-Rio, berço da história cuiabana e famosa por sua cultura popular e pela gastronomia, já engatou uma de suas mais tradicionais festas: a de São Gonçalo. 

Comunidade festeira é essa. E como foi um dos primeiros povoados de Cuiabá, naturalmente e cronologicamente, tem o direito de comemorar antecipadamente os seus trezentos anos.

As atividades comemorativas têm início no domingo (7), depois há uma pausa. E de quinta-feira (11) a domingo (14) da próxima semana terá vez uma extensa programação.

Procissões fluvial e terrestre, campeonato de futebol, levantamento de mastro, cururu, siriri, dança, reza cantada, missa, gastronomia e muita música. "Aúfa de as coisas". A iniciativa é uma promoção da Associação dos Moradores de São Gonçalo e dos Festeiros de São Gonçalo. Com apoio cultural da Prefeitura de Cuiabá.  

E ao longo do ano, mais agitos em São Gonçalo Beira Rio: Carnaval, Festa do Peixe, Festa de São João, Festa do Pescador e Festa das Ceramistas. A realização de eventos na comunidade tem propiciado às cerca de 100 famílias que habitam a comunidade, geração de emprego e renda.

História

gonça

As delícias do peixe cuiabano, marca registrada desse pedaço beira-rio

Com tantos anos de história, nada mais comum do que a localidade ter tido três denominações diferentes. Começou como São Gonçalo, depois tornou-se São Gonçalo Velho e, há algumas décadas virou São Gonçalo Beira Rio. Está situada na confluência dos rios Cuiabá e Coxipó.

O escritor cuiabano Paulo Pitaluga Costa e Silva, em um de seus livros, destaca que quase no final do século 17, uma expedição capitaneada por Manoel Campos Bicudo, acampou na região ribeirinha e fundou ali o primeiro povoado de Cuiabá, nominando-o de São Gonçalo, que era o santo do dia.

Em 1717, outra expedição aportou por ali, esta comandada por Antonio Pires de Campos (filho de Manoel Bicudo, e que estivera na primeira expedição), alterou o nome do povoado para São Gonçalo Velho. 

Apesar desse registro histórico, a oralidade desse povoado ribeirinho perpetua a versão de que o nome São Gonçalo foi por causa de uma pequena imagem do santo, que foi encontrada dentro do rio Cuiabá, em priscas eras, por um morador do pedaço.

A nominação atual - São Gonçalo Beira Rio, que é recente, não sei de quando data. E não achei na pesquisa que fiz na internet. Além disso, não fiquei nem um pouquinho animado a investigar nos anais da Câmara de Vereadores de Cuiabá.

Só posso dizer que, morador e navegador das margens do Coxipó nos anos 1970, fiz esse percurso fluvial - do Coxipó ao Cuiabá - inúmeras vezes e confesso que sempre chamávamos o local, simplesmente, de São Gonçalo. Nada de Velho ou Beira Rio. 

 

gonça

São Gonçalo é conhecido como o santo dos violeiros. Quem garante que não é por aí a vocação festiva do lugar?

PROGRAMAÇÃO DA FESTA 2018


07 de janeiro (domingo)

Procissão Fluvial com a imagem de São Gonçalo, padroeiro da comunidade
Sete horas: Saída do Cais do Werninho (próximo a Ponte Maria Elisa Bocaiuva – Varzea Grande)
Oito horas: Chegada em São Gonçalo Beira Rio
Nove Horas: Inicio dos festejos dos 300 anos de São Gonçalo Beira Rio
Local: Centro Comunitário de São Gonçalo Beira Rio
Nove horas: Início do Campeonato de Futebol Society - Trofeu São Gonçalo 300 anos
Dezoito horas: Encerramento do Campeonato e entrega de Trofeus

11 de janeiro (quinta-feira)

Vinte horas: Levantamento de Mastro de São Gonçalo
Reza Cantada
Início do Festival  de Cururú
Local: Sede da Associação dos Moradores de São Gonçalo

12 de janeiro (sexta-feira) 

Vinte horas: Noite cultural de São Gonçalo
Vinte e uma horas: Dança de São Gonçalo
Vinte e duas horas: Noite Cultural - 2ª Parte

13 de janeiro (sábado)

Oito horas: Procissão de São Gonçalo
Nove horas: Missa Campal em homenagem a São Gonçalo
Dez horas: chá com bolo
Vinte e duas horas: Grande Baile de São Gonçalo com as bandas Real Som, Ellus, Embalo Sim e Nova Versão

14 de janeiro (domingo) 

Doze horas: Almoço Festivo de São Gonçalo
Quatorze horas: Domingueira Dançante com Ivan Allan
Dezesseis horas: Pagode com o grupo Pura Emoção
Dezoito horas: Banda Novo Som
Vinte horas: Banda Nova Versão
Vinte e duas horas: Banda Scort Som
Meia Noite: Encerramento da Festa de São Gonçalo 2018

cuiabanidade1.wordpress.com

gon

Onde tudo começou...

 


Voltar  

Confira também nesta seção:

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet