LANÇAMENTO

Uma análise da obra do filósofo



sart

 

Jean-Paul Sartre (1905-1980), filósofo, escritor, dramaturgo e grande intelectual engajado, marcou profundamente o século XX. Pensador da liberdade e de seu contrário (a alienação), do engajamento e da responsabilidade, do para-si e do em-si, da consciência e do mundo, do sujeito e do Outro, da moral e da má fé, do grupo em fusão e da série, da totalidade e da história, ele é uma voz original da fenomenologia.

Para Sartre, o homem é inteiramente livre e responsável por seus atos, sem desculpas. A consciência humana é também sempre consciência de mundo, isto é, relacionada à noção de situação. Sartre se destacou ao introduzir o existencialismo enquanto tendência filosófica, exposta paradigmaticamente em seu texto O existencialismo é um humanismo.

No livro, Nathalie Monnin analisa a densa obra do filósofo: da Transcendência do ego ao Idiota da família, passando por O ser e o nada e Moral e história, principalmente.

A vida política de Sartre, que ajuda a compreender seus engajamentos conceituais, é abordada, bem como as várias vertentes de sua filosofia. Suas principais linhas de pensamento são apresentadas de forma rigorosa e acessível: sua fenomenologia e suas ideias sobre nossa relação com o mundo, a problemática da liberdade e da alienação, e suas reflexões sobre sociedade e história. A autora também explora a atuação de Sartre como teórico da literatura, do teatro e das artes.

Nathalie Monnin é especialista em filosofia e professora em Rennes, França. Ela refaz, em 280 páginas, a trajetória de um pensador incontornável do século XX. A edição faz parte da coleção "Figuras do Saber", da editora Estação Liberdade. 

Sobre Jean-Paul Sartre

“Tudo passava por Sartre, não apenas porque, sendo um filósofo, possuía um gênio da totalização, mas porque sabia inventar o novo. As primeiras representações de As moscas, a aparição de O ser e o nada, a conferência O existencialismo é um humanismo foram acontecimentos: aprendia-se aí, depois de longas noites, a identidade do pensamento e da liberdade.” (Gilles Deleuze)

“O que é um ‘grande intelectual’? De onde vem este inalcançável ascendente? O talento, ou melhor, a ambição de Sartre. Seu apetite. Sua curiosidade insaciável. O único a tentar todos os domínios e a mostrar-se excelente em todos eles. Filosofia. Política, também. Literatura. Jornalismo. Crítica literária. Reportagem. Teatro, letras de canções, conferências, rádio, cinema... Seu lado intelectual integral, decidido a possuir o ‘mundo inteiro’, e a se dar os meios dessa fabulosa hegemonia.” (Bernard-Henri Lévy, em O século de Sartre)

sart

"Um pensador decidido a possuir o `mundo inteiro´, e a se dar os meios dessa fabulosa hegemonia" (Bernard-Henri Lévy sobre Sartre)

 A coleção

"Figuras do Saber" é uma coleção de livros introdutórios ao pensamento de autores consagrados, antigos e modernos, filósofos e cientistas. Cada título é escrito por um especialista, constituindo uma síntese que permite ao leitor se iniciar nos dados fundamentais do autor tratado, nos temas principais de sua obra, em que e por que ela continua atual.

Outros títulos da coleção são: Kierkegaard, Nietzsche, Deleuze, Maimônides, Espinosa, Foucault, Darwin, Wittgenstein, Kant, Locke, D’Alembert, Hegel, Lacan, Flávio Josefo, Averróis, Husserl, Os estoicos I, Freud, Lyotard, Pascal, Comte, Einstein, Saussure, Lévinas, Cantor, Heidegger, Derrida,  Montaigne, Turing e Newton. Estão programados ainda os volumes: Cícero, Lévi-Strauss, Russell e Epicuro. (*com assessoria)


Voltar  

Confira também nesta seção:

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet