LANÇAMENTO

Reflexão contundente sobre o Brasil



ruf

Obra reúne a prosa curta elaborada pelo escritor nos últimos 15 anos

Luiz Ruffato é um dos ficcionistas mais celebrados da literatura brasileira contemporânea. Já lançou vários romances e goza de reconhecimento diante da crítica e do público. E o autor está com novidade...

"A cidade dorme" (Companhia das Letras) é seu mais recente livro, lançado em fevereiro, e que marca a sua investida no labirinto das formas breves.

O volume reúne vinte narrativas escritas nos últimos quinze anos pelo autor. Juntas, compõem um painel poderoso sobre a passagem do tempo e as dinâmicas da família e da memória. A partir de um ponto de vista pouco presente na literatura brasileira, o do trabalhador urbano, Ruffato tece uma reflexão contundente sobre o Brasil dos grandes centros e periferias. 

ruf

Luiz Ruffato nasceu em 1961, na cidade de Cataguases (MG)

O percurso é claro: da infância à idade adulta, da margem ao miolo nervoso das metrópoles e da linguagem. A meninice nos anos 1960; histórias sobre futebol e a ditadura; questões ligadas à violência urbana; o universo das drogas, tudo vai se mesclando neste livro, que confirma o lugar único de Luiz Ruffato na literatura contemporânea brasileira.

Com capa idealizada por Kiko Farkas (Máquina Estúdio), o livro tem 128 páginas.

O autor

Ruffato nasceu em Cataguases, Minas Gerais, em 1961. Formado em comunicação pela Universidade Federal de Juiz de Fora, publicou vários livros, entre os quais a pentalogia "Inferno provisório" e o aclamado "Eles eram muitos cavalos", que recebeu o prêmio APCA e o Machado de Assis, da Biblioteca Nacional. (*com assessoria)

 


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet