FOTOGRAFIA

Exposição já andou pelo Brasil



amazo

A fotógrafa produziu imagens na região de Vila Bela da Santíssima Trindade

Nascida no interiorrr de São Paulo, em Jaú, Marcela Bonfim, que já andou por aí aporta em Cuiabá nesta semana. Ela é artista. Fotógrafa. Desde 2013 viaja pelo Brasil com sua mostra "(Re)Conhecendo a Amazônia Negra". Na quinta-feira (5), às 20h, no Sesc Arsenal, participa do evento "Conversa de Galeria".

Tudo leva a crer que sua mostra fotográfica que percorre o Brasil, também chega à capital de MT. Marcela é negra, com ascendência baiana. Nasceu em 1983, tem formação acadêmica em Economia, com especialização em Direitos Humanos. Depois disso, encontrou-se com a fotografia. 

O Arsenal convida artistas e apreciadores das artes visuais para esse encontro com Marcela. E sua exposição. A Amazônia Negra Mato-grossense é o foco da conversa com a artista. Ela produziu imagens na região de Vila Bela da Santíssima Trindade, município do nosso Estado, com forte (ou total) tradição negra.

Em torno da sua exposição que roda o Brasil, destaca-se que o foco é na negritude. Essa Amazônia fotografada por ela retrata povos, costumes e influências negras na floresta.

A exposição inaugurou um novo olhar fotográfico acerca da Amazônia e das populações de ascendência africana e indígena no Brasil. Enfim, uma descoberta de uma Amazônia com povos que não são sujeitos dos projetos fotográficos e que não estão incluídos nos estudos das diversas facetas políticas, sociológicas e artísticas de construção da identidade nacional brasileira.

A fotógrafa registrou imagens de afro-indígenas, migrantes dos Norte e do Nordeste, descendentes barbadianos, remanescentes quilombolas e os recém-chegados haitianos. (*com informações de vários sites)

marcela

Marcela Bonfim "encontrou-se" na fotografia em 2010, área onde já acumula um respeitável currículo

 


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet