CINESESC

Filmes de 5ª e 6ª, no Arsenal



road

O documentário brasileiro "Dançando com a diferença - road" (2016), de Zito Marques, na 6ª

A programação do CineSesc para o mês de agosto, no Arsenal, será aberta na quinta-feira (2). Nesta edição o tyrannus publica informações a respeito dos dois primeiros filmes em exibição, que ganham sessão na quinta e na sexta.

Na edições futuras traremos todos os títulos que serão exibidos. 

Toda a programação é gratuita e os filmes, a maioria documentários, terão sessões às 19h30. Os dois primeiros filmes que são exibidos têm classificação indicativa livre para todas as idades. 

Quinta-feira

A produção alemã "Pai" (2014), com 104 minutos de duração, entra em cartaz na quinta. Será exibido através de parceria com a Embaixada da Alemanha. A direção é de Visar Morina e, no elenco, entre outros, estão Val Maloku, Astrit Kabashi, Adriana Matoshi, Enver Petrovci.

A história narrada se passa em Kosovo, na década de 1990, pouco antes da guerra. Um menino de dez anos, Nori, e seu pai, Gezim, vivem da venda ilegal de cigarros contrabandeados. Gezim quer ir para a Alemanha a qualquer preço, mesmo que para isso precise deixar o filho com parentes. Nori tenta durante muito tempo ficar junto do pai, mas seus esforços acabam sendo vãos. O menino então decide aventurar-se em uma longa e perigosa viagem para procurar seu pai na Alemanha.

pai

"Pai", filme alemão de 2014, dirigido por Visar Morina, será exibido na quinta-feira

Sexta-feira 

Na sexta (3) começa o Ciclo "Diferenças e Eficiências". Ganha exibição o documentário "Dançando com a diferença - road" (2016), produção brasileira dirigida por Zito Marques. Tem 42 minutos de duração.

No Teatro Viriato (Viseu, Portugal), durante 3 meses, em 2014, desenvolveu-se um trabalho de sensibilização para a inclusão através da dança com diversas instituições que prestam apoio a pessoas com deficiência, com Henrique Amoedo. 

O documentário registra as experiências práticas no âmbito da inclusão através da dança. Zito Marques e Ana Filipa Rodrigues acompanharam este projeto e um dos resultados é este documentário sensível e revelador da aplicação do conceito de Dança Inclusiva proposto por Amoedo.

O documentário volta a ser exibido, sempre às 19h30, nos dias 12 e 25 de agosto. (*com assessoria)

 


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet