ALDEIA GUANÁ

Memória e pesquisa em artes cênicas



protásio de morais

sand

Sandro Lucose leva à cena "Corpo que transito"

Dentro da programação da Aldeia Guaná - 2018, que está acontecendo no Sesc Arsenal, nesta semana (5ª, dia 13), tem evento imperdível pra galera das artes cênicas. A partir das 19h, no teatro desse espaço.

O Núcleo de Memória e Pesquisa em Artes Cênicas realiza sua terceira edição da Mostra de Processos Núcleo-Guaná, um espaço de fruição e diálogo a partir dos trabalhos cênicos em processo de pesquisa e montagem, e onde são colocados, cara a cara, artistas e público, provocando uma comunicação, testemunhando-se reciprocamente. 

Assim como nas edições anteriores, a Mostra de Processos será realizada em parceria com o laboratório prático de crítica do projeto "Cena Em Questão". Neste ano, a oficina "Crítica-etc" é ministrada por Carlinhos Santos, historiador, comunicador e crítico.

esopo

O Theatro Fúria vai de Esopo, autor clássico grego, d´outros tempos

Estarão na pauta as encenações "Encardido", do Coletivo Atro (MT); "Tramando Esopo", do Theatro Fúria (MT); e "Corpo que transito", com Sandro Lucose (MT).

Sinopses

O espetáculo performativo "Encardido" tem como objetivo principal mostrar as marcas e as feridas presentes nas pessoas negras e como elas se reverberam até os dias atuais. O projeto nasce a partir das experiências vivenciadas pelos integrantes do Coletivo Atro. Duração: 30 minutos.

"Tramando Esopo" propõe a discussão a respeito do porquê de se narrar histórias, e a quê se destina tanto a narração quanto a própria história. Neste encontro, serão narradas algumas histórias de Esopo, escritor da Grécia Antiga, apropriadas pelo grupo (Theatro Fúria) que utiliza manipulação de objetos para ilustra-las. Duração: 30 minutos.

"Corpo que transito", com Sandro Lucose, é uma performance concebida a partir de relatos e memórias do corpo transexual e de corpos travestis em seu estado híbrido e performativo na cena teatral contemporânea. A encenação apresentada parte de tais hibridismos tanto da transexualidade quanto das linguagens artísticas, para centrar-se nos devires trans e performer. Duração: 30 minutos.

Como participar

A atividade acontece na quinta (13), a partir das 19h. A partir das 18h acontece a distribuição única de convites, para acompanhar os três trabalhos. Classificação para maiores de 16 anos e o espaço comporta 40 pessoas. Todos os trabalhos são seguidos de rápidos bate-papos. (*com assessoria)


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet