EXPOSIÇÃO

A Bauhaus e os aprendizados recíprocos



bauh

Paul Klee - 1927

Com curadoria da alemã Marion Von Osten e do inglês Grant Watson, a exposição "Bauhaus Imaginista: Aprendizados Recíprocos" está em cartaz em São Paulo. A mostra percorre diversos países como o Japão, China e Rússia - influenciados pelas iniciativas da Bauhaus, escola alemã de arquitetura, artes e design, fundada em 1919 e fechada pelo regime nazista 14 anos depois.

No Brasil, coube ao Sesc Pompeia, situado na zona oeste de São Paulo, receber a mostra, que antecipa o centenário da Bauhaus, um espaço ícone do vanguardismo do século XX, que surgiu na Alemanha, fundada por Walter Gropius (1883-1969), arquiteto alemão considerado um dos principais nomes da arquitetura do século século passado.

A Bauhaus foi uma das maiores e mais importantes expressões do que é chamado Modernismo no design e na arquitetura, sendo a primeira escola de design do mundo.

bauh

Hannes Meyer, 1925

A exposição, aberta em outubro, permanece em cartaz no Sesc Pompeia até seis de janeiro.

A edição brasileira desse evento que percorre o mundo é um dos quatro “capítulos” desse projeto internacional que celebra o centenário da Bauhaus, explorando intercâmbios transculturais entre os diversos movimentos globais de reforma que enxergavam na arte um agente de mudança social. Todas as obras da iniciativa Bauhaus Imaginista estarão reunidas em Berlim, no próximo ano. 

Tendo como ponto de partida a obra Tapete, de Paul Klee, desenho de 1927 que evidencia o interesse do artista pelas culturas populares tradicionais, "Aprendizados recíprocos" investiga as relações entre arte e artesanato populares e pré-coloniais com professores e estudantes da Bauhaus, abordando a história de três escolas progressistas de artes: Black Mountain College (EUA), Instituto de Arte Contemporânea (Brasil) - fundado por Lina Bo Bardi, arquiteta autora do Sesc Pompeia - e Casablanca (Marrocos).

A exposição brasileira tem contribuição da curadora, pesquisadora e escritora Luiza Proença, que já foi curadora no Museu de Arte de São Paulo (Masp), na 31º Bienal de São Paulo e de projetos no Instituto Lina Bo e P.M. Bardi.

"Bauhaus Imaginista: Aprendizados Recíprocos" é realizada pelo Sesc São Paulo, em parceria com a Bauhaus Kooperation Berlin Dessau Weimar, o Goethe-Institut e a Haus der Kulturen der Welt (HKW), de Berlim.

bauh

Kurt Schwerdtfeger - 1922

 

*Com informações dos sites www.arcoweb.com.br e https://pt.wikipedia.org

 


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet