LANÇAMENTO

Escritor completou em maio 93 anos



rubem

Escritor coleciona prêmios e trabalhou muitos anos na polícia, antes de começar na literatura

Livro novo de Rubem Fonseca é sempre boa novidade aos leitores de plantão. Trata-se de um autor jurássico da literatura brasileira que já completou 93 anos e que já contabiliza mais de trinta obras lançadas, entre romances e livros de contos e crônicas.

Foi lançado neste ano, pela Nova Fronteira, “Carne Crua”, livro de contos, onde estão reunidos 26 textos. Foi lançado no mês passado e confirma a maestria do escritor na arte de esfolar as palavras.

rubem

Obra reúne 26 textos

A sinopse da obra destaca que estes mais recentes escritos de Fonseca, embora mantenham a crueza de assassinatos, traições e injustiças sociais, trazem também a avidez das descobertas, a delicadeza das histórias de amor e uns flertes com a poesia.

A qualidade das letras de Rubem Fonseca pode ser constatada através dos inúmeros e importantes galardões literários que ele já conquistou. Já faturou o Jabuti cinco vezes. Sua pujança literária também já extrapolou as fronteiras brasileiras. Em 2003, por exemplo, conquistou os prêmios Juan Rulfo e Camões. 

Sua literatura já foi vertida para o cinema e rendeu premiações também nessa arte, como foi o caso dos filmes "Relatório de um homem casado", de Flávio Tambellini; “Stelinha”, de Miguel Faria Jr.; e “A Grande Arte”, de Walter Salles Jr. As séries de televisão também têm recebido as tramas e personagens criados pelo escritor.

O autor

Rubem Fonseca nasceu em Juiz de Fora (MG), filho de um casal de portugueses, mas reside no Rio de Janeiro desde a sua infância. Após graduar-se em  Ciências Jurídicas e Sociais, na UFRJ, antigamente conhecida como Universidade do Brasil, o escritor ingressou na polícia, atuando inicialmente como comissário, mas depois exerceu outras funções.

Essa experiência na polícia está presente no estilo da sua narrativa seca e direta. Também a presença constante de temas como a luxúria e a violência urbana, há quem diga, tem a ver com essa experiência profissional, assim como a presença comum de personagens como marginais, assassinos, prostitutas, miseráveis e delegados. (*com informações de vários sites)


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet