HOMENAGEM CRÍTICA

Videoclipe disponível no youtube



billy

"Cantei o que eles pensam e falam, no ponto de ônibus, nos bares, na internet. Artista é a voz do povo, como político deveria ser"(Billy Espíndola)

Ressignificação. Para a carreira do músico mato-grossense Billy Espíndola, essa é a definição do momento que vive ao lançar o clipe de sua música “Cuiabá no paletó”.

Para ele, é a expressão de uma fase mais responsável, madura e coerente. Segundo Billy, “é um presente para Cuiabá pelos 300 anos, para os cuiabanos. Cantei o que eles pensam e falam, no ponto de ônibus, nos bares, na internet. Artista é a voz do povo, como político deveria ser”.

Disponível no canal do Youtube e nas redes sociais do artista, a música faz uma crítica bem humorada, mas extremamente ácida ao prefeito Emanuel Pinheiro, cujas imagens ilustram um refrão que diz “tem político safado, a grana cai do paletó”. 

A batida mistura rock a elementos regionais, marca registrada do artista. Para ele, o objetivo é incentivar outros artistas e a população a se manifestarem: “Sim, é possível lutar contra toda essa sujeira.”

Além da letra, que entre outras dispara “que é negócio de filho para pai”, há também a participação do personagem Almerinda, do artista André D’Lucca, e cenas que retratam a compra de um paletó de chita, tradicional tecido cuiabano, com bolsos enormes, e sendo entregue logo depois no Palácio Alencastro, um presente ao atual prefeito. Independente, a produção é do Espaço Musical Toma, estúdio voltado ao fomento de produções autorais. (*com assessoria)

Link para o vídeo: https://youtu.be/aTVflovXxRQ

 

 


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet