ESPAÇOS EXPOSITIVOS

De 2ª a 6ª no Centro Cultural da UFMT



william gomes

keese

O objetivo é auxiliar os interessados a identificar os principais processos para a produção de uma exposição, diante de diferentes contextos expositivos

jeff

O experiente arquiteto Jeff Keese vai compartilhar seus conhecimentos

O Museu de Arte e Cultura Popular (MACP) da UFMT abre nesta segunda-feira (13) o curso “Processo de montagens e espaços expositivos”, com o arquiteto Jeff Keese. O evento acontece no âmbito da 17ª Semana de Museus do Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), entre os dias 13 e 17 de maio, no Centro Cultural da UFMT.

O curso, gratuito, já esgotou suas inscrições, com as vagas disponíveis preenchidas. Sua proposta é identificar os principais processos para a produção de uma exposição, tendo em vista os diferentes contextos expositivos. O ministrante, Jeff Keese, é arquiteto graduado pela FAU-USP com experiência em produção cultural e expografia. Nos últimos anos, atua na concepção e execução de projetos expositivos para Galerias e eventos em diversas regiões do Brasil.

Jeff Keese, radicado em São Paulo, já atuou em Mato Grosso e, no ano passado, foi um dos principais articuladores do movimento que clamou e pressionou pela reabertura dos museus mato-grossenses, que ficaram longa temporada praticamente abandonados pela gestão pública.

Neste curso, o objetivo é auxiliar os interessados a identificar os principais processos para a produção de uma exposição, tendo em vista os diferentes contextos expositivos através da apresentação de estudos de caso e apresentação de elementos técnicos utilizados em um ambiente expositivo. 

O curso aborda, ainda, as diversas formas de se montar uma exposição e elementos expográficos como: espaço, suportes, forma, cor, som, luz, texturas, imagens, textos entre muitos outros recursos para traduzir as intenções e criações dos artistas em um espaço adequado para expor as obras. 

As explanações de Jeff também vão possibilitar aos participantes adquirir conceitos teóricos para a formulação de um projeto expográfico, com sugestões para sua melhor formatação, passando por discussões a respeito de critérios de organização de obras no espaço até o exercício com meios de representação de espaço em escala como plantas e imagens. (*com assessoria) 


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet