DIA DOS NAMORADOS

Algo mais sobre a data amorosa



azul

Adèle Exarchopoulos e Léa Seydoux em filme de 2013: "Azul é a cor mais quente", de Abdellatif Kechiche

Não tenho absoluta certeza, mas a equipe de valorosos jornalistas do tyrannus me quase confirmou que a palavra namoro, na história da humanidade, é derivada do acasalamento. E acho que foi lá mesmo, naqueles tempos de antigamentes abissais que surgiu o namoro. E também o maldito machismo.

Nossa versátil equipe de jornalistas, primeiramente, constatou o doze de junho como data exclusiva para os namorados, apenas no Brasil. Mas a pesquisa não foi muito aprofundada - daí que aceito contradições. 

moonlight

"Moonlight", filme dos EUA: lgbt com elenco negro. De 2017, dirigido por Barry Jenkins

O Dia dos Namorados nos Estados Unidos e em boa parte da Europa - o "Valentine's Day"  (ou Dia de São Valentim), é celebrado em 14 de fevereiro. Isso porque uma crença inglesa muito antiga diz que é o dia em que os pássaros escolhem suas parceiras para acasalar. A escolha dessa data tem a ver também com um antigo festival romano chamado Lupercália, que se realizava todo dia 14 de fevereiro. A festa celebrava a fertilidade homenageando Juno (deusa da mulher e casamento) e Pan (deus da natureza). 

django

Jamie Foxx e Kerry Washington em "Django livre", de Quentin Tarantino (2013)

Para os românticos brasileiros, uma triste revelação sobre a escolha da data no Brasil, costume que foi sacramentado em 1948. O motivo foi exclusivamente comercial. A ideia foi emplacada pelo publicitário João Agripino da Costa Doria (1919-2000), pai do atual governador de São Paulo, João Doria. Esse propagandista baiano que se radicou em São Paulo engendrou essa efeméride para aquecer o comércio. E tem funcionado até então...

hora da estrela

Marcélia Cartaxo e José Dumont em "A hora da estrela". Clarice Lispector no cinema, filme dirigido por Suzana Amaral, de 1985

Isso, certamente, deixaria Bolsonaro p. da vida, se ele viesse a ficar sabendo, mas eu e a equipe de jornalistas do tyrannus acreditamos que esse cara não sabe de nada. 

Não pretendo e nem vou me estender muito sobre o Dia dos Namorados. É porque neste dia têm coisas mais importantes pra se fazer, do que ficar lendo detalhes sobre a data. Entendeu, né?! Mas preciso registrar que o 12 de junho foi escolhido também por anteceder o dia 13 desse mesmo mês, em que celebramos Santo Antônio, a santidade casamenteira do Brasil. 

doria

Publicidade que praticamente inaugurou o 12 de junho

E foi assim que eu optei por publicar aqui algumas imagens que remetem ao namoro. Algumas fotos de filmes que tratam do amor, preferencialmente sem racismos e preconceitos. E até versos bandeirosos.

coração

Laura Dern e Nicolas Cage no filme "Coração selvagem". Dirigido por David Lynch, de 1990

E segue abaixo o link da matéria que postei na mesma data, em 2019, que traz texto e narração de Julio Cortázar (1914-1984). Um trecho a caráter do grande escritor argentino, reproduzido de seu mais famoso livro, "O jogo da amarelinha". 

http://www.tyrannusmelancholicus.com.br/noticias/12163/e-se-nos-mordemos-a-dor-a-doce

namorados

Versos que Manuel Bandeira publicou há noventa anos

 

 

 


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet