VALQUES PIMENTA

Um tanto erótico, mas não apenas



valques

acrílico sobre papel canson

Ele começou nas artes plásticas aos seis anos de idade. Seguindo a máxima "filho de peixe, peixinho é!".  Falo de Valques, filho do grande Nilson Pimenta (1957-2017), artista plástico baiano que virou mato-grossense e é classificado, internacionalmente, entre os quarenta melhores artistas da Arte Popular do mundo.

Valques completa 38 anos em 2020 e diz com orgulho: "Tenho 32 anos de pintura. Que bom começar cedo, graças a meu pai". Ele (Valques) assinava sua criação como Valques Rodrigues, e só trocou o sobrenome a partir de 2018, após a partida de seu pai.

valques

acrílico sobre papel canson (recorte)

Valques Pimenta e seu pai habitam o acervo de textos do tyrannus faz horas. Digitar seus nomes no espaço busca do site passarinho redunda em colheita fértil. 

Com Valques troco mensagens pelo celular desde não sei quando, além de vários encontros físicos. Escrevi até um texto para catálogo de exposição sua há poucos anos. Neste 2020, ano "pandêmico", os diálogos se resumiram ao mundo virtual. Além das conversas, de lá pra cá (Valques para o tyrannus), chegam sempre novas obras.

valques

acrílico sobre papel canson

Nos últimos meses, uma novidade, a pegada erótica em sua arte. Atendendo solicitação da Revista Camalote, sua produção enveredou-se por essa faceta, justamente, nestes tempos de pandemia. Vem pintando uma série de novas obras, não somente eróticas, com dimensões e técnicas diferentes. 

Os trabalhos menores, e mais baratos, são em acrílico sobre papel canson; enquanto os maiores são em acrílico sobre tela. Valques não tem muitos trabalhos para comercialização imediata, porém, uma vez encomendadas, novas criações não demoram a sair. Para contatar o artista: 99672 0215.

valques

acrílico sobre tela (recorte)

Breve currículo  

Valques Pimenta é cuiabano. Participou e venceu vários Salões de Arte de MT, seus trabalhos já foram adquiridos pela coleção Gilberto Chateaubriand, já foi selecionado para três Bienais de Arte Naif (Piracicaba SP),  criou ilustrações para as latinhas de Itaipava (300 anos de Cuiaba),  tem obras espalhadas em vários países, já expôs  no Corredor do Carroussel do Louvre/Paris e no Festival Mundial em Katowice/Polônia.

valques

acrílico sobre tela (recorte)

 


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet