SEMINÁRIO

Educação pelo viés cultural em pauta até 4ª



divulgação



O auditório do Centro Cultural – MACP da UFMT sedia a abertura do Seminário de Educação (Semiedu 2012) neste domingo (04/11), a partir das 19h. A entrada para o evento será pela Rua 01 do Bairro Boa Esperança, por conta da realização do ENEM. O Semiedu acontece até o dia 07, quarta-feira e provoca um novo olhar para o processo educacional das crianças, mais associada aos aspectos culturais. Nesse sentido, também desenvolve-se uma programação cultural voltada ao exercício do debate sobre a criança na relação com a cultura e com os processos criativos.

A coordenadora da programação cultural do evento e diretora da Casa Silva Freire, Larissa Spinelli, explica que tudo foi pensado porque a linguagem artística em muito se assemelha a linguagem da infância. Em ambas nota-se uma intensa busca por novos sentidos para além dos significados rotinizados nas trocas sociais. O começo das atividades será a abertura da Exposição Coletiva de Graffiti Ar - Invisíveis, uma coletiva composta pelos artistas do grafite: Babu 78, Siq e Qem. O trabalho de Babu chamou a atenção da organização do evento, particularmente a tela Meninos Azuis, imagem escolhida para representar a proposta do Seminário Educação 2012.

Entre os dias 5 e 7, na praça denominada “Crianças Azuis” acontece, sempre das 8 ao meio-dia e das 14 às 17h30, uma grande exposição com sessão de vídeos; exposição de brinquedos, desenhos e fotografias indígenas; coleção de camisetas Mary Jay; mostra de livros infantis e de produção editorial local; arte popular e culinária regional.
Às 18h30 da segunda-feira (05) acontece a atividade “Conversa na Praça Música Antiga e formação de professores”, com a professora Eda do Carmo (Instituto de Linguagem – UFMT). No dia 6, no mesmo horário, a conversa na praça desenvolve o tema

Literatura e Infância, com a participação da professora Ana Arlinda de Oliveira, do professor Rosemar Coenga, dos escritores Ivens Scaff e Marta Cocco, além do ilustrador Marcelo Velasco, e da professora alfabetizadora Iury Lara Alves, responsável pelo projeto Freireando da Escola Municipal Silva Freire em Cuiabá. Concomitantemente, outra conversa na praça aborda o tema Teatro para infância e juventude, com Eduardo Espíndola (organizador da Mostra Internacional de Teatro Infantil –MITI), João Manuel (Cia Teatro Thereza João) e Wanderson Lana (Grupo Teatro Faces).

Todos os dias ocorre a atividade denominada “Itinerâncias”, sempre das 7h30 às 8h, 12 às 12h30, 13h30 às 14h, 16h30 às 17h30 e das 17h30 às 18h30, com participação dos artistas convidados Neneto Sá, Trieiro, Leite de Pedra e Coletivo à Deriva. Ainda no dia 6 haverá, das 18h30 às 20h, a performance “Poetada: Sodré, um menino azul”, que se apresentará na rampa do Instituto de Linguagens, Praça Crianças Azuis e entorno.

No dia 7, das 17h30 às 18h30 é a vez de ser aberta uma exposição com os resultados da oficina “Teatro de improviso como suporte para a educação”, feita por Luiz Carlos Ribeiro. Também acontece no mesmo dia uma “Roda de ciranda”, com Marília Cortez e grupo Coletivo Ninhal, e apresentação do Grupo de Mascarados Mirim, de Poconé.

Ator, diretor e escritor, Luiz Carlos Ribeiro desenvolve oficina

Lançamento de livros

O evento traz no dia 5, das 19 às 21h30, no Centro Cultural (MACP - Museu de Arte e de Cultura Popular) o lançamento dos livros: "Infância e crianças: lugares em diálogo"; organização de Daniela B. S. Freire Andrade e Jader Janer M. Lopes, EdUFMT; "Formação de educadores, gênero e diversidade", organização de Leonardo L. de Souza e Simone A. da Rocha, EdUFMT; "Infância e juventude no contexto brasileiro: gênero e sexualidades em debate", organização de Leonardo L. de Souza e Raquel G. Salgado – EdUFMT; "Educação Indígena: Reflexões sobre noções nativas de infância, prendizagem e escolarização", Antonella Maria Imperatriz Tassinari; Beleni Saléte Grando; Marcos Alexandre dos Santos Albuquerque (organizadores.) - EdUFSC - Florianópolis/SC; "Olhar(es) sobre a infância: cultura e educação escolar", organização de Beleni Saléte Grando, Diana Carvalho de Carvalho, Tatiane Lebre Dias - EdUFMT; "Educação Infantil do Campo", de Ana Paula Soares da Silva; Jaqueline Pasuch e Juliana Bezzon da Silva - Cortez Editora; "A REALIDADE DAS IDEIAS: uma perspectiva epistemológica para a Educação Matemática", MICHAEL F. OTTE.

O escritor e poeta Ivens Scaff vai participar das atividades

Parceiros e serviço

O evento conta com apoio da Capes, Fapemat, CNPq, Curso de Especialização em Educação Infantil da UFMT, Secretarias de Educação e de Cultura do Estado de Mato Grosso (Seduc/SEC), Secretaria Municipal de Educação/Cuiabá (SME), Grupo de Pesquisa em Geografia da Infância da Universidade Federal Fluminense (Grupegi/UFF), Unemat, Conselho Regional de Psicologia (CRP18MT), Casa Silva Freire, Centro Internacional de Estudo em Representações Sociais e Subjetividade-Educação (CIERS-ED) e Colégio Ibero-Americano (CIA). A realização é do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFMT.

As atividades do Semiedu 2012 estarão em pauta no Tyrannus nos próximos dias. Mais informações sobre o evento em

www.ie.ufmt.br/semiedu2012 .

(com assessoria)

Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet