MOSTRA

Programação vai até 2/12 no Arsenal



divulgação

Menino do Cinco

Começa nesta terça (27) no Sesc Arsenal a 7ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul, que reúne 37 filmes de oito países latinos, com diversos longas inéditos no Brasil. A mostra prossegue até dia dois de dezembro e as sessões são gratuitas.A cerimônia de abertura em Cuiabá contará com a presença da Secretária Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos, Salete Valesan Camba.

Neste primeiro dia serão exibidos, a partir das 19 h, os filmes “O Cadeado" (2012), produção baiana de 12 minutos, com direção de Leon Sampaio. No roteiro numa escola pública em zona rural, um cadeado bloqueia a entrada de professores e alunos. “A Galinha que Burlou o Sistema" (2007), com direção de Quico Meirelles e 15 minutos, produção de Minas Gerais. Narra os enfrentamentos de um menino que tenta salvar a vida de uma galinha que seria preparada ao molho pardo, para o almoço de domingo. É baseado em conto homônimo de Fernando Sabino.

Também na programação desta terça, “Menino do Cinco” (2012), de Marcelo Matos de Oliveira e Wallace Nogueira, outra produção baiana. Em 20 minutos é contada a história de a de um garoto solitário que vive com o pai em um apartamento no quinto andar e só encontra companhia de um cachorrinho que foge do dono. Encerra o programa deste dia de abertura “A Fábrica” (2011), de Aly Muritiba e 16 minutos. A produção paranaense retrata o dia-a-dia de um presidiário e a intenção de convencer a sua própria mãe a burlar a segurança local para lhe trazer um aparelho de celular. A classificação indicativa destes curtas é recomendada para maiores de 12 anos.

divulgação

"A galinha que burlou o sistema"

Este ano a Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul homenageia o brasileiro Eduardo Coutinho, considerado um dos mais importantes documentaristas da atualidade. De Coutinho foram escalados o clássico "Cabra marcado para morrer" (1984), premiado no Festival de Berlim; "Santo forte" (1999), um mergulho na intimidade de católicos, umbandistas e evangélicos de uma favela carioca; e "O Fio da memória" (1991), mosaico sobre a experiência negra no Brasil a partir da figura de um artista popular.

A programação completa da Mostra pode ser conferida no site www.cinedireitoshumanos.org.br.

 


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet