PELADÕES

Visitantes poderão comparecer sem roupa



O Museu Leopold, na Áustria, abriu para o público vienense em outubro de 2012 a exposição “Homens Nus” e desde então vem causando polêmica.

A exposição apresenta cerca de 300 obras que mostram o nu masculino na pintura, na escultura e na fotografia, de 1800 à atualidade, de artistas como Antonio Canova, Johan Heinrich Füssli, Egon Schiele, Richard Gerstl, Anton Kolig, Jean Cocteau, David Hockney, Andy Warhol, Robert Mapplethorpe e Bacon.

Há, ainda, um núcleo para o olhar feminino sobre o corpo masculino, com trabalhos de artistas como Maria Lassnig, Louise Bourgeois e Nan Goldin. Uma das obras mais impressionantes é da artista franco-americana Louise Bourgeois, que expos no Brasil no Instituto Tomie Ohtake, em 2011.

Para surpresa dos organizadores a exposição tem causado mal estar e constrangimentos. Para aplacar os ânimos, os grandes cartazes de divulgação da exposição tiveram os órgãos sexuais expostos cobertos por tarjas vermelhas ou por robustas pinceladas. A única obra que escapou da censura foi o Mr. Big, da artista Ilse Haider, que fica em frente do museu e é a mais fotografada pelos visitantes e transeuntes.

O interessante é que a polêmica despertou o interesse do público. A exposição recebeu 400 mil pessoas e por isso a direção do museu, que havia agendado seu término para janeiro, prolongou para março.

E tem mais... para atender as associações de nudistas, o museu vai reservar o dia 18 de fevereiro, a partir das 18h00, para visitantes que quiserem contemplar as obras sem o incomodo de roupas.







Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet