CINEMA/MERCADO

O império dos blockbusters



No escurinho do cinema, os filmes americanos dominam o mundo

Hollywood, Hollywood, comigo ninguém pude... Frase poema de Chico Amorim, filósofo visionário do cerrado, a quem dedicamos a crônica de hoje, mas, cá nesta matéria, o papo é outro.É o negócio do cinema e o predomínio americano mundial. É mais ou menos assim: nosotros entalados de enlatados.

Há poucos dias saiu a informação de que o cinema brasileiro teve 15,5 milhões de espectadores no Brasil, o que equivale a aproximadamente 10% do total de público que foi ao cinema em 2012. Esse problema, entretanto, não é apenas brasileiro.

Notícia ainda mais recente apresenta levantamento dessa natureza em relação aos países europeus e mostra que, em média, essas nações tiveram um público inferior a 15% para seus próprios filmes. Nos últimos anos, o percentual mais positivo deu-se na França, 41,6% (2011), e o mais negativo em Portugal, 07%.

Isso significa que o mercado cinematográfico na Europa, como no Brasil, é dominado pela indústria hollywoodiana. E o curioso é que o cinema americano deslanchou, enquanto indústria, baseado no livre mercado. Enquanto isso, o Brasil e praticamente todos os países da Comunidade Europeia recebem subsídios do Estado.

Além dos subsídios para o cinema, vários países adotam outras medidas na tentativa de impedir o domínio das produções americanas. Na França, Coreia do Sul, Espanha e Itália, por exemplo, existe legislação chamada cota de tela que privilegia as produções nacionais. Já na Índia, Turquia e Canadá, existem barreiras tarifárias para o ingresso dos pacotes fílmicos dos EUA, e a França, Alemanha e Itália também cobram uma taxa sobre os ingressos vendidos, que é revertida em investimentos na produção local. Em alguns países há, ainda, a obrigatoriedade de as televisões investirem parte de seus lucros no cinema.

Esta é uma boa pauta para especialistas do mercado cinematográfico discutirem. Como e por que todas essas ações preventivas não conseguem brecar o espírito mercantilista do cinema do Tio Sam é uma pergunta que fica no ar.

Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet