DIVA

O brilho de Montserrat



Ela não aparece no palco, usando um típico chapéu viking, mas sem dúvida é a que mais enquadra com a imagem que nosso subconsciente gravou para as cantoras de ópera. Tirando o chapéu ela arremata todas as qualidades de uma soprano: corpulenta, peito de pomba, mãozinhas sobre o seio, personalidade avassaladora e uma belíssima voz. Ela é María de Montserrat Bibiana Concepción Caballé.

Claro, estamos nos referimos a soprano catalã Montserrat Caballé, que comemora hoje 80 anos de vida, a lenda viva do mundo da ópera. A maioria dos cantores encerra sua vida artística nesta idade, mas Caballé busca repertórios, mesmo depois de sofrer um leve AVC, em outubro de 2012 durante uma viagem a Rússia. Uma vertigem levou a soprano ao chão rompendo-lhe o úmero.

Freddie Mercury e Mont


Ela fez mais de cem papeis, deu dezenas de concertos e gravou centenas de discos. A cantora ganhou fama mundial depois de cantar em dueto com Freddie Mercury. A empatia com o púbico levou-a para as telinhas da TV, tornando-a uma das artistas mais amadas da Áustria, Alemanha e Rússia e a fez embaixadora de boa vontade da UNESCO onde instituiu um fundo de ajuda a crianças doentes.

Aqueles que tiveram a sorte de vê-la, no seu auge, cantando Norma, La Traviata, Tosca e Salome sabem que Caballé é um fenômeno raro na história da ópera. Ela dividiu o palco com as melhores vozes de várias gerações, mas a química especial é com José Carreras e Plácido Domingo

Sua carreira reflete seus gostos e preferências, com especial atenção para belcanto e repertório francês e alemão em especial ao seu empenho em descobrir personagens, óperas e canções que merecem ser resgatados do esquecimento.





Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet