LITERATURA/LANÇAMENTO

Bachelard, na Coleção Figuras do Saber



ba

Gaston Bachelard (1884-1962) influenciou pensadores como Foucault, Althusser e Merleau-Ponty

A Editora Estação Liberdade amplia a sua série "Figuras do Saber", com o lançamento de "Bachelard", obra escrita por Vincent Bontems. A obra tem a tradução de Nícia Adan Bonatti e conta com 264 páginas.

Gaston Bachelard (1884-1962), figura exemplar da escola laica – bolsista de origem modesta que acabou por ocupar a cadeira de História e de Filosofia das Ciências da Sorbonne – é um pensador não convencional: baseou-se na física, na química e na matemática em plena revolução, mas também em Freud e em Jung (reinterpretados).

Através dessas referências - e outras, construiu uma epistemologia de um racionalismo sutil que fez amplamente escola, compreendendo o progresso da ciência como uma sequência de descontinuidades; metafísico, opôs-se a Bergson quanto ao problema do tempo, defendendo uma filosofia do instante contra a filosofia da duração; renovou também a abordagem da poesia, dando uma importância inédita ao imaginário.

ba

 

Neste volume, o número 30 da coleção "Figuras do Saber", Vincent Bontems analisa a abundante obra de Bachelard: sua epistemologia, a partir do Ensaio sobre o conhecimento aproximado até o Materialismo racional, passando por A filosofia do não e O novo espírito científico; sua “metafísica”, reunida em A intuição do instante e A dialética da duração; sua poética, desde A psicanálise do fogo até A poética do devaneio, passando por A água e os sonhos e A poética do espaço.
 
O autor

Vincent Bontems, ex-aluno da Escola Superior de Letras e Ciências Humanas da Universidade de Lyon, professor de filosofia, é pesquisador no laboratório de pesquisas sobre as ciências da matéria do CEA (Comissão de Energia Atômica e Energias Alternativas). Seus trabalhos tratam principalmente da filosofia das ciências e das técnicas, da sociologia das ciências e das imagens.

O livro de Vincent Bontems analisa os “dois lados” de Bachelard: tanto o lado da filosofia das ciências e da epistemologia, quanto o lado das investigações sobre a imaginação poética, unindo as pontas de seu pensamento.
A densa obra do filósofo é aqui reorganizada didaticamente, propondo um percurso pontuado por frequentes citações e trechos retirados dos livros de Bachelard.

Bachelard e seus contemporâneos

"O trabalho de Bachelard teve impacto considerável em seus contemporâneos intelectuais. Ele influenciou estruturalistas como Foucault e Althusser com o conceito revolucionário da ‘ruptura epistemológica’ (a ideia de uma quebra radical entre diferentes paradigmas de conhecimento), existencialistas como Merleau-Ponty com sua descoberta do imaginário como um ‘elemento’ cósmico-físico, e pensadores da hermenêutica como Ricoeur com a afirmação de que a imagem é uma relação de quatro vias entre autor, leitor, texto e mundo" (Richard Kearney). (*com assessoria)


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet