CINE TEATRO

Um filme que esquentou Hollywood



easy

Peter Fonda, Jack Nicholson e Dennis Hopper num desses filmes pra jamais ser esquecido

"Sem destino" (1969), filme que marcou muita gente hoje já pra lá de madura, é a bola da vez no projeto Encontro com o Cinema, que acontece todas as terças no Cine Teatro Cuiabá. Então, no dia 18, você tem a chance de ver (ou rever) uma nobre produção.

Ingressos a dois e quatro reais, com a sessão às 19h, classificação para 16 anos.

Conta a história de dois motociclistas que viajam através do sul e sudoeste do Estados Unidos, em busca da liberdade pessoal. Fez muito sucesso e esquentou a produção hollywoodiana nos anos 1960.

É considerado um marco na filmografia de contracultura. Explora as paisagens sociais, assuntos e tensões dos EUA daqueles anos, esbarrando em temas como o movimento hippie, as drogas e o estilo de vida comunal.

Os protagonistas são dois motociclistas, Wyatt (Peter Fonda) e Billy (Dennis Hopper). Fonda e Hopper disseram que os nomes referem-se a Wyatt Earp e Billy the Kid. Wyatt veste-se de cabedal adornado com a bandeira americana, enquanto Billy se veste com calças e camisa ao estilo dos nativos americanos.

easy

Se você nada entende de liberdade pessoal, "taqui procê"


Depois de contrabandearem drogas do México para Los Angeles, Wyat e Billy vendem a mercadoria para um homem (protagonizado por Phil Spector) em um Rolls-Royce. Com o dinheiro da venda armazenado em mangueiras dentro dos tanques de gasolina, eles vão rumo ao leste do país na tentativa de chegar em Nova Orleans, na Luisiana, em tempo para o Mardi Gras, grande evento musical.

A gênese para o filme "Sem Destino" começou com uma fotografia. Peter Fonda conta: "Eu me lembro o dia em que apareci com a ideia para Sem Destino, 27 de setembro de 1967. Estava olhando uma fotografia minha e de Bruce Dern em frente a uma motocicleta. Nós parecíamos grandes, numa imagem 18x24, em contra-luz, de forma que ninguém poderia dizer que éramos nós. E isso me deu um estalo, para fazer este filme".

Além de Fonda e Hopper, quem chamou a atenção no elenco foi Jack Nicholson, cuja atuação lhe valeu indicações como coadjuvante no Oscar, Bafta e Globo de Ouro. Dennis Hopper levou o prêmio de melhor diretor estreante em Cannes, onde o filme também foi indicado à Palma de Ouro. (*com informações do Wikipedia)

easy

Os caras que imaginaram, realizaram e protagonizaram um marco na filmografia da contracultura


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet