FILMES DE ESTRADA

Tony Scott dirigiu; roteiro de Tarantino



true

Christian Slater e Patricia Arquette na estrada, e todo aquele amor que, sabemos, tem poucas chances de dar certo

Na terça-feira (12) tem mais um filme no Cine Teatro Cuiabá, dentro do Ciclo Filmes de Estrada. "Amor à queima-roupa" (1993), dirigido por Tony Scott, será exibido às 19h, com ingressos a dois e quatro reais. A classificação indicativa é para 16 anos.

Na história, um jovem que não tem um serviço assim tão lícito, ganha de presente de (e para) seu aniversário, uma prostituta. Ele e ela vão se apaixonar e na tentativa de mudar de vida, aparece em seu destino comum uma mala cheia de cocaína. O casal arquiteta vender a droga pra um figurão de Hollywood, mas a cocaína era da máfia. Eles vão, mas são perseguidos por mafiosos.

"Amor à queima-roupa" não é um filme maravilhoso e foi mal de bilheteria, mas, com o tempo, acabou tornando-se aquilo que classificam como filme cult. A crítica, no geral, recebeu bem o filme. Recebeu uma meia dúzia de indicações para prêmios em eventos de cinema, mas não faturou nenhum.

O diretor Tony Scott, que goza de relativo prestígio e assim já era na época da produção (além de ser irmão de Ridley Scott) comandou um elenco de notáveis. Alguns nomes que estavam despontando na época, e outros que já eram consolidados. No casting, entre outros, Christian Slater, Patricia Arquette, Christopher Walken, Dennis Hopper e Gary Oldman, com participações de Val Kilmer, Brad Pitt, Michael Rapaport, Bronson Pinchot, Chris Penn, Tom Sizemore, James Gandolfini e Samuel L. Jackson. 

Outra informação histórica sobre "Amor à queima-roupa" diz respeito ao seu roteiro. Ele foi escrito por Quentin Tarantino, baseado em texto de Roger Avary (que viria a se tornar diretor, produtor e roteirista). E a história de Tarantino é bem conhecida. Só que ele e Avary, antes de tudo, trabalhavam numa video-locadora nas proximidades de Los Angeles, onde deram seus primeiros passos.

Tarantino vendeu o roteiro por trinta mil dólares e essa grana ajudou-o a produzir seu primeiro filme, "Cães de aluguel". Daí pra frente tornou-se um dos principais cineastas do planeta, desenvolvendo uma filmografia que vem conseguindo conquistar tanto a crítica, quando o público.

tr

 


Voltar  

Agenda Cultural

  • Em Cartaz:
  • 11º Festival Bar em Bar
  • Dia: 16 de novembro
  • Local: Bares e restaurantes de Cuiabá e Chapada
  • Informações: no link
Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet