COMEÇANDO CEDO

Criado há 11 anos por alunos da UFMT



cedo

As atividades desenvolvidas pelos estudantes com os pacientes têm benefícios comprovados pela medicina

A face pintada de branco, maquiagem expressiva e multicolorida, nariz vermelho, roupas de todas as cores. Essa é a primeira imagem quando nos lembramos da figura de um palhaço. Mas, ao contrário da tradicional lona de circo, picadeiros e plateias, estes profissionais caminham entre os corredores dos hospitais. Apesar dos ambientes antagônicos, o objetivo é o mesmo: trazer à tona sorrisos aos rostos de seus espectadores. 

Essa é uma das propostas do projeto de extensão “Começando cedo”, concebido por estudantes da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Mato Grosso (FM/UFMT), Câmpus de Cuiabá, e que acontece semanalmente no Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM). O projeto, criado há aproximadamente 11 anos, é vinculado ao Programa de Educação Tutorial (PET) desde 2015, coordenado pela professora Ziliani da Silva Buss.

A principal missão do “Começando cedo” é levar amor, alegria e música aos pacientes, de forma a transformar a atmosfera do ambiente hospitalar, principalmente para os ingressantes do curso, que servem como inspiração para o nome do projeto. “Pretendemos, ainda, melhorar a relação médico-paciente unir acadêmicos de diferentes turmas, desinibir o aluno em relação ao contato inicial com os pacientes, e humanizar os acadêmicos que desde o primeiro semestre estão inseridos no ambiente hospitalar”, explica a coordenadora do projeto.

Humanizar o contato entre médico e paciente, sobrepondo sorriso à dor. “Para nosso referencial teórico, buscamos a figura do palhaço, introduzida pelo doutor Patch Adams bem como 'Os Doutores da Alegria' aqui no Brasil levam atores profissionais e também amadores para atuarem nos hospitais como palhaços”, expõe a docente.

Nesse sentido, a figura do palhaço é elemento fundamental nesse processo de interação com os pacientes. “O personagem, no hospital, quebra a ordem por voltar sua atenção ao que a criança ou adulto tem de saudável em detrimento da doença, relembrando que a pessoa tem aspectos positivos. Inverte a ordem de poder existente entre o médico e o enfermo”, acrescenta.

cedo

Uma galera animada que transforma a atmosfera do ambiente hospitalar

Benefícios para todos os envolvidos

As atividades desenvolvidas pelos estudantes com os pacientes têm benefícios comprovados pela medicina. “O bom humor por meio das risadas melhora a imunidade, diminui o estresse, dor e ansiedade, além de atenuar as tensões musculares. Estes efeitos ocorrem por liberação de neurotransmissores envolvidos no sistema límbico”, explica Ziliane Buss. Além disso, acrescenta que os impactos são sentidos não apenas no paciente, mas nos familiares que os acompanham. “Eles interagem com a equipe. É como se esquecessem do momento difícil que estão passando”, complementa.

Os frutos do trabalho já estão sendo colhidos. Além de mais espaço na Faculdade de Medicina, o projeto gerou impactos sociais relevantes aos envolvidos. “A relevância e frutos não são documentados ou mensuráveis. Além dos pacientes, o benefício aos acadêmicos, inclusive aqueles já graduados, é significativa. Eles carregam a influência do projeto em sua vida. Experiências estas que transpõem fronteiras” relata a coordenadora.

cedo

 

O projeto

Parte da atividade extracurricular da graduação em Medicina da UFMT, o projeto envolve cerca de 40 acadêmicos do curso de medicina da UFMT, com participantes de todos os anos da graduação. O “Começando Cedo” sempre aos sábados no período da tarde. 

Além do trabalho de campo, os estudantes participam anualmente de oficinas de reciclagem e capacitação. “Estudar a fundamentação teórica do projeto, tópicos sobre biossegurança para poderem exercer ao máximo as atividades do projeto no hospital com segurança, workshop de maquiagens e personalização, ensaios de dinâmicas, músicas e pequenas peças teatrais estão entre as atividades de capacitação pelas quais passam os graduandos” explica a professora Ziliane Buss. (*com assessoria)


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet