GORDOFOBIA

Lugar do corpo gordo feminino



gordo

 

Orientar e oferecer conhecimento específico, estimular o debate na comunidade e empoderar mulheres gordas, na busca por uma autoestima necessária, para uma vida mais livre e plena. Esse sempre foi o desejo da professora mestra Maria Luisa Jimenez, que se materializa, após 04 (quatro) anos de estudos de doutoramento, sobre o lugar do corpo gordo feminino nos espaços da sociedade.

O Projeto "Lute como uma Gorda!", que será lançado no próximo sábado (16), no Metade Cheio Bar e Bistrô, terá como sua primeira ação concreta a 1ª Roda de Conversa “Gordofobia: você sabe realmente o que é?”. Nesta primeira iniciativa, a idealizadora deseja promover uma discussão acessível e necessária, sobre as noções e percepções diárias, de mulheres gordas especialmente, em torno do que é considerado “gordofóbico”. 

gordo

O talentoso cantor Hendson Santanna faz pocket show para fechar o evento

A discussão contará ainda com a convidada especial, a menstranda Ligeya Daza Hernandes, do ECOO (Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporêa), da UFMT. Haverá também, a participação especial do cantor Hendson Santanna, com um pocket show, para fechar o evento.

O Projeto consiste numa série de ações educacionais, informativas e recreativas, gestadas como importante braço de ação na comunidade, a cerca de questões que envolvem o corpo gordo feminino e seu lugar na sociedade. Tem como objetivo central a desmistificação do corpo feminino gordo como algo FEIO e DOENTE. A manutenção ou reforço do pensamento de que “ser gordo é anormal”, fomenta situações discriminatórias e autentica todo um mercado da magreza, como única condição corporal/estética para ser saudável e feliz.

É importante citar que tal projeto é parte integrante do espaço virtual "Estudos do Corpo Gordo Feminino" (Facebook/Instagram), também criado por Maria Luisa Jimenez, como suporte fundamental de suas investigações de doutoramento. Todas as ações advindas do grupo de estudos virtual, bem como do projeto; pioneiro no Estado de Mato Grosso; têm como objetivo central a desmistificação do corpo feminino gordo como algo FEIO e DOENTE. 

Por anos, as mulheres gordas foram vistas sob tal olhar, o que acabou normatizando esse pensamento e trazendo inúmeros prejuízos, de todas as ordens. A manutenção ou reforço do pensamento de que “ser gordo é anormal”, não só fomenta situações discriminatórias como também autentica todo um mercado da magreza como única condição corporal/estética para ser saudável e feliz. 

A iniciativa conta com o apoio de empresas/negócios locais. São eles: CULT! – Produção de Conteúdo Inteligente, Camila Pasinato: Design de Moda e Ilustração, Metade Cheio Bar e Bistrô, Cozinha de Sal – Cozinha Verde Inteligente (Chapada dos Guimarães/MT) e NEOM/Bordadeiras de Chapada dos Guimarães – Núcleo, Estudo e Organização da Mulher.(*com assessoria)

 

 

SERVIÇO

O QUE: Lançamento do projeto “LUTE COM UMA GORDA!” e 1ª Roda de Conversa – Gordofobia: você sabe realmente o que é?
QUANDO: 16/03 (Sábado), às 18h
ONDE: Metade Cheio Bar e Bistrô
QUANTO: entrada Gratuita
INFORMAÇÕES: (65) 99301-8851/(65) 98160-0495.

 

 


Voltar  

Agenda Cultural

  • Em Cartaz:
  • Feira do Vinil
  • Dia: 23 de março
  • Local: Casa Cuiabana
  • Informações: 99225-6204
Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet