AMAZÔNIA E CERRADO

Concentração a partir das 16h



amazonia

 

Nesta quarta-feira (28), a partir das 16h, a população mato-grossense está convocada a participar de uma manifestação em defesa da Amazônia e do Cerrado, biomas que compõem a rica biodiversidade do Estado. A concentração acontece na Praça Ipiranga. 

Mato Grosso lidera o número de queimadas na região amazônica em 2019. O Estado já soma mais de 13 mil focos de calor, de janeiro a agosto, conforme levantamento do Instituto Centro de Vida (ICV) e Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). 

Os dados revelam um aumento de 87% no número de queimadas em relação ao mesmo período do ano anterior. Se considerarmos apenas o período de proibição de queimadas, iniciado em julho, chega a 205%. 

Do total, 60% dos focos de calor foram registrados na Amazônia, 32% no Cerrado e 2% no Pantanal. Vale lembrar, 16% das áreas indígenas foram identificadas como Terras Indígenas. 

A crise ambiental que se alastra pelo Brasil e foi evidenciada nos céus de São Paulo, tomados pela fumaça dos incêndios na Amazônia. Denúncia e sentimento de indignação tomaram conta de pelo menos 22 cidades brasileiras, marcadas por protestos no último fim de semana. 

Entendendo a importância da biodiversidade mato-grossense, bem como a ameaça que o aumento de incêndios representa aos biomas que compõem o Estado, estudantes e ativistas ambientais vão às ruas de Cuiabá para marcar posição na luta internacional em defesa das florestas brasileiras. 

Reforçando, o ato político e cultural será realizado na Praça Ipiranga, a partir das 16 horas. 

Confira manifesto na íntegra:

Um ato político em defesa da Amazônia, Cerrado, Pantanal, em defesa da vida, dos povos e da biodiversidade. Nós somos trabalhadores/as, estudantes, povos ancestrais, povos da cidade e artistas, lutamos pelas florestas do nosso território e contra o genocídio da vida. 

Nós não aceitamos que a nossa água, nosso solo, nossas riquezas, nossa agricultura sirvam meramente para exportação e obtenção de lucro para um pequeno grupo econômico. A água e chuva que nos beneficia, o ar que respiramos, a comida que comemos dependem do Cerrado, Pantanal e Amazônia. 

Nosso movimento convoca às ruas todas as pessoas que sabem da importância das florestas, da terra e da água e que querem se organizar em um amplo movimento de defesa do que é nosso. Também convocamos para o diálogo, por meio da informação, canto, cultura e arte, todas as pessoas que querem saber mais sobre a importância da Amazônia, Cerrado e Pantanal para os povos do campo e das cidades. 

Organize-se com a gente, é possível lutar por um mundo sem destruição, assassinato da vida e que respeite nossa ancestralidade para as futuras gerações. (*com assessoria)

 

 


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet