POESIA

Boris Hristov

O homem solitário*

 

Tem uma cicatriz na testa e senta-se sempre na ponta,
mesmo quando é grande o homem solitário é pequeno.

Junta ervas ou talha com a tesoura das recordações,
se não tem nada a fazer - e arrasta a sua manta gasta.

Uma cabeça de cavalo ilumina os campos e
o  homem solitário vai apenas olhá-la - não quer que tenha uma crina.

Enquanto os outros gritam ou falam da arte
à mesa, o homem solitário apanha as moscas e deixa-as voar.

Mas se escreve versos deixará sem dúvida
uma lágrima nos olhos ou um arranhão na vossa memória.

Tem um lar e sopa quente, mas está tão só;
a sua vida - abandonada como uma arca no fundo do corredor.

Que a sua casa se desmorone,
comerá cinzas, mas não se ajoelhará perante ninguém.

Em que fogo ardeu? E sob que ferro de passar?
Para o saber ter-se-á de beber com ele muito vinho.

Enquanto caminha com uma mancha na camisa limpa,
o homem solitário desaparece na multidão como átomo.

Com uma das mão leva um livro para a sua alma doente,
com a outra o homem solitário segura a pequena corda que traz no bolso.

 

*Reproduzido de http://foleirices.blogs.sapo.pt

 

 

Boris Hristov, poeta da Bulgária


Voltar  

Confira também nesta seção:
20.05.18 17h41 » Itamar Assumpção
18.05.18 17h34 » Dick Marques
16.05.18 18h00 » Haydar Ergulen
14.05.18 18h00 » Reiner Kunze
12.05.18 18h00 » Maria Balé
10.05.18 18h00 » Rui Knopfli
08.05.18 18h00 » Moisés Carlos Amorim
06.05.18 18h00 » Claudio Daniel
04.05.18 18h00 » Janete Manacá
02.05.18 18h00 » Caê Guimarães
30.04.18 18h00 » Mário Cesariny
28.04.18 18h00 » Gonzalo Rojas
26.04.18 18h00 » Myriam Fraga
24.04.18 17h56 » Mariana Botelho
22.04.18 18h00 » João Ricardo Scortecci de Paula
20.04.18 17h20 » Kabir
18.04.18 18h40 » Kobayashi Issa
16.04.18 18h30 » Giorgio Caproni
14.04.18 18h00 » Natalino Ferreira Mendes
12.04.18 17h00 » Alan Lidugero

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet