POESIA

Miguel Martins

Escrevo-te hoje para que me leias ontem*

 

Escrevo-te hoje para que me leias ontem,
ferros esdrúxulos cruzados sobre a bigorna do tempo,
prazer impuro, sujo,
pó abeirado do precipício onde o dia esconde a cor
da sua pele
para que se não saiba que, simplesmente, não existe,
assim como não existem:
a água – alucinação extrema –;
o verbo – suposta razão de Deus para se entreter
com livros de colorir, decalcomanias,
contas de colar e de ábaco –;
as carícias, sob qualquer forma.

E, então, interpelamos um gato branco,
irrelevante personagem do acaso:
Quo vadis?
E ele toca de discorrer sobre actrizes, vendavais,
regras de três simples, molho branco,
jaguares, e, súbito, a qualidade inerte
e lúdica que há em tudo isso substitui, com vantagem, a digestão,
e as peregrinações parecem-nos possíveis.

Outros, empenham-se em cruzadas,
esperneando pateticamente contra a amnésia,
à medida que se afundam numa calda
de açúcar e ácido úrico,
e, por vezes, são eleitos para cargos com claríssimas desvantagens
para as planuras relvadas e os colchões de sumaúma.

Os melhores de nós, porém, acendem um petromax
de madrugada, fazem lume,
derretem gelo e dão-no a beber a pequenas crias
de animais mitológicos
enquanto assobiam (ou imaginam, apenas)
uma daquelas melodias que ninguém compôs
e estão profundamente enraizadas nos solos estéreis
da resignação
e nos cortes de cabelo mensais.

Ao escrever-te – parece-me – sou um pouco dos três,
com alguma ênfase nas ladainhas
(ou, pelo menos, a ideia tonifica-me certos órgãos
recônditos e insuperáveis).

Por isso te peço que perdoes a caligrafia,
o tom e a genérica ausência de ideias
e, também tu, venhas daí saltar ao pé coxinho
sobre a grande barreira da realidade insone
e estereofônica.

 

*Reproduzido de http://revistamododeusar.blogspot.com

Miguel Martins, poeta de Portugal


Voltar  

Confira também nesta seção:
19.06.18 18h00 » Rolando Toro
17.06.18 18h00 » Gyula Illyés
15.06.18 17h53 » Guapo
13.06.18 18h00 » Aglaja Veteranyi
11.06.18 18h00 » Prisca Agustoni
09.06.18 17h59 » Miguel Martins
07.06.18 18h00 » Tove Jansson
05.06.18 17h17 » José Araújo
03.06.18 18h00 » Ataol Behramoglu
01.06.18 17h20 » João Apolinário
30.05.18 18h00 » Luis Cernuda
28.05.18 17h45 » Novalis
26.05.18 17h56 » Corsino Fortes
24.05.18 17h45 » Amauri Lobo
22.05.18 18h00 » Dante Milano
20.05.18 17h41 » Itamar Assumpção
18.05.18 17h34 » Dick Marques
16.05.18 18h00 » Haydar Ergulen
14.05.18 18h00 » Reiner Kunze
12.05.18 18h00 » Maria Balé

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet