POESIA

Dorottya Bánkövi

Mulheres junto à cama*

 

Só as mulheres ficaram ao lado do moribundo,
os seus rostos cobertos com pano escuro,
não choraram, não esqueceram.

 

No consultório sufocante as noites vibraram —
Uma noite para cada uma. Só houve algo em comum:
aqueles que por elas foram rodeados.

 

Seus olhares,
(como as suas coxas naquele dia)
abriram-se logo escureceram-se.
Viram o corpo separado do espírito,
viram unido o engano, a essência.

 

O homem deitava na cama,
as almofadas amontoadas atrás de sua nuca suada,
porém como pedra que foi rodada lá
o encosto duro tensionou o pescoço. 

 

Não falou ele também,
talvez nem estivesse cismando,
a luz saindo dos seus olhos
foi a satisfação —
foi a gratidão mesma.
Logo já não ficou nada,
só o corpo, por piedade ou
obrigação envolvido.

 

Junto à cama só as mulheres ficaram,
seus rostos deixados livres do pano escuro
são a mancha da morte a sair.

 

Sabiam o que deviam fazer.
Que tantos anos foram perdidos,
não foi em vão.
Dobraram os lençóis sujos de sangue,
— como se logo no terceiro dia —,
e trocaram de olhares pela última vez. 

 

*Reproduzido de http://www.candido.bpp.pr.gov.br , tradução de Dániel Levente Pál

 

Dorottya Bánkövi, poetisa da Hungria


Voltar  

Confira também nesta seção:
08.07.20 00h10 » Ian Curtis
01.07.20 00h01 » Max Martins
24.06.20 00h10 » Rachel Ventura Rabello
17.06.20 00h10 » Ruth Maier
10.06.20 00h10 » Amparo Osório
03.06.20 00h10 » Hector de Saint-Denys Garneau
27.05.20 00h10 » Henry David Thoreau
20.05.20 00h01 » Ana Cláudia Romano Ribeiro
13.05.20 10h00 » Ana Guadalupe
06.05.20 10h00 » Gustavo Jugend
29.04.20 10h00 » Diego Wayne
22.04.20 00h01 » Alda Lara
15.04.20 16h00 » Eliane Potiguara
08.04.20 18h05 » Zé Bolo Flô
01.04.20 19h00 » Alexandra Vieira de Almeida
25.03.20 19h00 » Gilberto Nable
19.03.20 00h10 » Horacio Castillo
12.03.20 18h10 » Cinthia Kriemler
05.03.20 18h00 » Eunice Arruda
27.02.20 17h00 » Ashraf Fayadh

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet