VERSO

Ana Guadalupe

as pessoas que não nos amam*

 

as pessoas que não nos amam

são capazes de passar por nós na chuva sem oferecer abrigo na sombrinha

nos olham de relance e pensam ter visto alguém que conhecem
que não somos
por isso desviam os olhos

com frequência dizem pelas costas que somos
aquilo que somos

frágeis
pouco eficazes

se estivessem de carro talvez nos atropelassem
e dos nossos olhos pingaria sangue

estão por toda parte
se multiplicam todos os anos
vivem de forma extravagante

as pessoas que não nos amam

 

*Reproduzido do livro "Preocupações" (Editora Macondo)

ana guadalupe

Ana Guadalupe é poeta paranaense, radicada em São Paulo. Já publicou os livros "Relógio de pulso" (7 Letras - 2011) e "Não conheço ninguém que não seja artista" (Confeitaria - 2015). Também é tradutora e suas letras já andaram por aí, no Brasil e em outros países

 

 


Voltar  

Confira também nesta seção:
18.01.21 16h57 » Yin Lichuan
11.01.21 21h00 » Djalma Passos
04.01.21 22h00 » Manoel Mourivaldo Santiago-Almeida
28.12.20 21h37 » Três poemas evocando a passagem de ano
28.12.20 21h37 » Madson Costa
22.12.20 19h51 » Thiago da Costa Pereira
15.12.20 21h00 » Luiz Alberto Schwab de Mello
08.12.20 18h00 » Bruno Brum
01.12.20 19h18 » Cezário Pereira da Costa
24.11.20 19h00 » Meire Pedroso
17.11.20 17h21 » Marin Sorescu
10.11.20 20h00 » Hagar Peeters
03.11.20 16h30 » Gary Snyder
27.10.20 19h00 » Pádua Fernandes
20.10.20 19h00 » Catarina Lins
13.10.20 19h00 » Akiko Yosano
06.10.20 19h00 » Graça Pires
29.09.20 19h00 » Warsan Shire
22.09.20 21h00 » Wladimir Cazé
15.09.20 21h00 » Ernesto Manuel de Melo e Castro

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet