VERSO

Rachel Ventura Rabello

aquela

eu sou aquela que partiu
virou sombra
aquela cuja lembrança se esvaiu
seu rosto é um borrão com dentes
um vago som de risadas
corpo feito de água
fluindo, fluindo...
eu sou aquela que sumiu
cujo nome ecoa nos vales
em segredo:
eu sou aquela que tem medo.

 

*Poema que está em "Triz" (Penalux), lançado recentemente e reportado há poucos dias no tyrannus. Leia sobre o livro em

http://www.tyrannusmelancholicus.com.br/noticias/12796/poemas-por-um-triz-e-a-transitoriedade

facebook

rachel rabello

Rachel Ventura Rabello é carioca, nascida em 1990. É poeta, mestra em Teoria da Literatura e Literatura Comparada (UERJ) e professora. Já lançou "Em mãos" (In media Res, RJ). "Triz" é o seu segundo livro


Voltar  

Confira também nesta seção:
21.06.21 18h17 » Ana Miranda
14.06.21 18h50 » Nicolas Santos
07.06.21 18h58 » José Pinto
31.05.21 18h58 » Kátia Borges
24.05.21 19h17 » Afonso Henriques Neto
17.05.21 17h05 » Ernst Herbeck
10.05.21 19h30 » Miguel Jubé
03.05.21 19h00 » Poesias sobre "mãe"
26.04.21 17h14 » José Villa
19.04.21 15h58 » Natasha Tinet
13.04.21 21h06 » Mascha Kaléko
05.04.21 18h47 » Amanda Berenguer
29.03.21 16h14 » Roseana Murray
22.03.21 18h00 » Elke Erb
15.03.21 17h28 » Michel Houellebecq
08.03.21 17h24 » Adalberto Müller
01.03.21 16h27 » Leandro Rabelo Batista
22.02.21 14h00 » Fiama Hasse País Brandão
15.02.21 16h47 » Daniel Osiecki
08.02.21 16h00 » Mauro Iasi

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:


  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet