Ana Carolina S. Oliveira

Ainda te encontro


Depois de sonhar tantos anos de fazer tantos planos
de um futuro pra nós...
Irei esperá-la na noite cinzenta de inverno em um campo
Próximo as constelações e anis estrelados,
Vou amá-la, não com esse amor de carne de querer tocá-la
E possuí-la, e saber coisas de dentro dela.
É um amor diferente, quase assim feito uma segurança
De sabê-la ali.
Agrego-me a ti luz do meu dia, meu canto do sabiá
Minha rima emotiva,
Adrenalina que estimula fortemente o coração,
Meu precípuo, minha razão.
Parando de te procurar incansavelmente em todos os lugares,
Um dia te encontro menina!



Ana Carolina S.Oliveira, poeta de Mato Grosso

Voltar  
1 Comentrio(s).
é uma jovem poeta que busca ser intensa e encontrar também na palavra uma fonte de salvação.
enviada por: afonso alves    Data: 29/11/2012 22:10:13

Confira também nesta seção:
22.09.20 21h00 » Wladimir Cazé
15.09.20 21h00 » Ernesto Manuel de Melo e Castro
08.09.20 20h00 » Martin Jankowski
01.09.20 22h50 » Conceição Evaristo
26.08.20 00h01 » Sousândrade
19.08.20 00h01 » Eduard Traste
12.08.20 00h01 » Carlos Orfeu
05.08.20 00h10 » Emílio Moura
29.07.20 00h01 » Josefina Pla
22.07.20 00h06 » Andréa Catrópa
15.07.20 00h10 » Niels Hav
08.07.20 00h10 » Ian Curtis
01.07.20 00h01 » Max Martins
24.06.20 00h10 » Rachel Ventura Rabello
17.06.20 00h10 » Ruth Maier
10.06.20 00h10 » Amparo Osório
03.06.20 00h10 » Hector de Saint-Denys Garneau
27.05.20 00h10 » Henry David Thoreau
20.05.20 00h01 » Ana Cláudia Romano Ribeiro
13.05.20 10h00 » Ana Guadalupe

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet