POESIA

Ingrid Jonker

A criança morta de Nyanga


A criança não está morta
A criança levanta os punhos contra sua mãe 
Que grita "Afrika!" grita o fôlego
Da liberdade e da estepe
Nos distritos do coração isolado

A criança levanta seus punhos contra seu pai
na marcha das gerações
que grita "Afrika!" grita o fôlego
de justiça e de sangue
nas ruas de seu orgulho em guerra

A criança não está morta, não em Langa nem em Nyanga
não em Orlando nem em Sharpeville
nem na delegacia de polícia em Philippi
onde ela jaz com uma bala através de seu cérebro

A criança é a sombra escura dos soldados
de guarda com sarracenos fuzis e cassetetes
a criança está presente em todas as assembleias e legislações
a criança espia através das janelas das casas e nos corações das mães
esta criança que apenas queria brincar ao sol em Nyanga está em toda parte
a criança tornou-se um homem que caminha através de toda a África

A criança cresceu [tornando-se] um gigante que viaja por todo o mundo
Sem um salvo conduto.


*Reproduzido de http://poesiafalsidadeideologica.blogspot.com.br/ , com tradução de Davi Paulo Domingues

Ingrid Jonker (1933-1965), poeta da África do Sul


Voltar  

Confira também nesta seção:
16.10.17 18h23 » Carlito Azevedo
14.10.17 19h00 » Ana Paula Tavares
12.10.17 19h00 » Fabio Weintraub
10.10.17 19h00 » Ivan Vazov
08.10.17 19h30 » Erre Amaral
06.10.17 19h00 » Thaís Guiimarães
04.10.17 20h00 » Lidia Jorge
02.10.17 22h00 » Luís Veiga Leitão
29.09.17 18h00 » Augusta Faro
27.09.17 17h30 » Maria Rezende
25.09.17 17h30 » Carlos Ayres Britto
23.09.17 17h30 » André Di Bernardi
21.09.17 17h30 » John Mateer
19.09.17 18h00 » Henri Meschonnic
17.09.17 17h30 » Ida Vitale
15.09.17 18h11 » Matheus Guménin Barreto
13.09.17 18h22 » Homero Aridjis
11.09.17 18h50 » J. B. Sayeg
09.09.17 18h50 » Paulo Lins
07.09.17 18h26 » Nicolás Guillén

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet