TEATRO DA UFMT

O duo Yatsugafu - Balloussier, na 3ª



divulgação

duo

Oliver Yatsugafu e Kátia Balloussier vão tocar composições de Beethoven, Prokofiev e Wieniawski

O Teatro Universitário será palco de um reencontro depois de dois anos de pandemia. Concertos serão realizados nesta segunda e terça-feiras (dias 4 e 5), uma programação que integra a  Mostra do Departamento de artes, promovido pela Faculdade de Comunicação e Artes (FCA) e a Pró-Reitoria de Cultura, Extensão e Vivência (Procev) da UFMT.

Os concertos são gratuitos e a entrada é limitada à lotação do espaço, conforme exigências da biossegurança da Instituição, é obrigatório o uso de máscaras.

Segunda-feira

Nesta segunda, às 18h30, o concerto reunirá alunos de todos os anos e toda a variedade de instrumentos que compõem as graduações em Música da Instituição. O repertório do dia será eclético, reunindo músicas autorais, músicas de concerto, arranjos de mpb, choro e pop internacional. 

As apresentações se darão em diferentes formações, desde duplas tocando o mesmo instrumento, até grupos de oito pessoas, incluindo violino, viola, violoncelo, flauta, sax, clarinete e trombone.

Terça-feira

Na terça (5), às 19h30, Oliver Yatsugafu e Kátia Balloussier voltam a exibir seu duo de violino e piano com um programa de clássicos. 

O violinista Oliver Yatsufagu, professor de violino da UFMT, explica que serão tocadas três obras, duas sonatas e uma para piano e violino. "Vamos começar com a sonata de Beethoven n°5, que é chamada Sonata de Primavera. O que eu pensei é que em 2020 íamos tocar todo um recital dedicado a Beethoven, pelos 250 anos de nascimento dele", conta Oliver acrescentando que homenagens foram desenvolvidas de modo remoto por causa da pandemia de Covid-19.

O violinista ressalta ainda que o repertório composto por Beethoven é essencial na literatura e está sempre presente em grandes violinistas e pianistas. “A gente sempre gosta de ter esse repertório apresentado. São músicas maravilhosas. Estamos comemorando ainda pelos 252 anos do Beethoven”, ressalta. A apresentação continua com uma sonata do compositor russo, Serguei Prokofiev. “Aí já estamos no século XX Prokofiev foi um dos grandes compositores do século XX. É a primeira vez que eu e a Kátia vamos apresentar esse duo, então a gente está bastante ansioso porque é uma música que tem uma dificuldade bastante grande na técnica e nos aspectos camerísticos é um grande desafio”, pontua.

Para fechar o programa será apresentada uma peça que, segundo Oliver, é mais direcionada para o violino mesmo que tenha direcionamentos para o piano. "O grande desafio é para a parte do violino, que é "Variações sobre um Tema Original" de Henryk Wieniawski. Ele foi um dos maiores violinistas da época, que é no final do século XIX”, relata Oliver Yatsufagu sobre o violinista polonês que atuou por toda a Europa. Oliver conta que escolheu esta peça "que é uma peça de alta virtuosidade para o violinista com este acompanhamento do piano que entra fazendo a harmonia, esse colorido, para essa virtuosidade da parte do violino”. (*com site da UFMT)

 


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:


  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet